quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Exercícios como natação, corrida ou ciclismo aumentam o colesterol bom

Quem faz exercícios aeróbicos com regularidade possui vantagem, mas os valores 

do colesterol ruim (LDL) serão reduzidos com uma dieta livre de gorduras saturadas

Por São Paulo
euatleta Nabil Ghorayeb natacao ciclismo corrida (Foto: eu atleta)Exercícios aeróbicos podem ajudar a elevar os
níveis do colesterol bom (Foto: Editoria de Arte)
exercício físico funciona com um remédio para inúmeros problemas cardiovasculares, porém para os níveis de colesterol age de modo variado. No mês de agosto, temos o Dia Nacional de Combate ao Colesterol e o Congresso Brasileiro do Departamento de Aterosclerose, cujo tema é estudá-lo, assim como os elementos que influenciam essa terrível doença, uma das principais causa que deterioram e encurtam a vida, como o infarto do miocárdio e derrame cerebral

Os praticantes regulares dos exercícios aeróbicos, como correr, nadar e andar de bicicleta têm vantagem enorme sobre quem faz os exercícios anaeróbicos, porque estes poucos influenciam nos níveis do colesterol. Nos esportistas regulares são constatados, depois de meses de treino e, principalmente nas mulheres, os níveis do colesterol bom, o HDL, se elevam. Algumas chegam a valores próximos dos 100 mg/dl. 
Enquanto o colesterol ruimLDL, pouco se modifica com exercícios, para ele além da dietacontrolada de gorduras saturadas (as visíveis na carne vermelha e nas peles do peixe e do frango e fazem parte da maioria dos laticínios gordos) o uso contínuo de medicações específicas é importante para reduzi-lo. A ordem é controlar a ingestão e não radicalizar na retirada total do seu cardápio. Novidades no tratamento estão chegando baseadas em pesquisas genéticas. 
Voltando para os exercícios, consideramos como produtor de bons resultados para a saúde, perto de 50 minutos, três a quatro vezes semanais. Os benefícios aparecerão próximo das 12 a 14 semanas. A frequência não precisa ser intensa, o nível moderado é suficiente. Isto é: manter o seu pulso ao redor de 195 menos a idade. 
Cardiologista dá dicas para elevar o colesterol bom e diminuir o ruim

Claro que atletas tem outros níveis de treinamento, pois o objetivo é outro. O incrível é que nem eles têm valores obrigatoriamente baixos do colesterol ruim. Nas avaliações de equipes profissionais encontramos atletas com níveis elevados de colesterol total e do ruim, pelos abusos alimentares ou por genética familiar.

Pense no que quer para a sua saúde, ser cuidadoso só irá trazer prazer e qualidade de vida. Incentive a vida saudável na sua família desde a alimentação, como também na prática daatividade física e no importante tratamento medicamentoso, se for necessário. Desconhecimento científico e pseudo polêmica tem aparecido vez ou outra na mídia, tudo na base do "eu acho". Na dúvida, converse com um médico e siga a prevenção regularmente.
*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com
EuAtleta Nabil Ghorayeb Cardiologia Especialista (Foto: EuAtleta)
NABIL GHORAYEB 
Doutor em Cardiologia pela FMUSP, Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte, chefe do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e do Hospital do Coração, diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia, além de ter recebido o Prêmio Jabuti de Literatura em 2000.www.cardioesporte.com.br
http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2015/08/exercicios-como-natacao-corrida-ou-ciclismo-aumentam-o-colesterol-bom.html

Nenhum comentário: