quarta-feira, 11 de março de 2015

Londres poderá ter ciclovias em cima de caminhos-de-ferro

O arquiteto inglês Norman Foster (na imagem à esquerda) apresentou um plano para a construção de 220 quilómetros de ciclovia, em cima das linhas de caminho-de-ferro suburbanas de Londres, avança o Observador. Segundo Foster, esta rede de ciclovias apelidada de SkyCycle, poderá ser “uma forma alternativa de arranjar espaço numa cidade congestionada”, A rede teria 15 metros de largura e 200 pontos de entrada e cada uma das dez faixas de rodagem permitiria a circulação de 12 mil ciclistas por hora. “Ao utilizar corredores por cima das ferrovias suburbanas poderíamos criar a melhor rede de ciclovias, seguras e sem carros, e localizadas em sítios ideias para os utilizadores”, defende o britânico referindo que a SkyCycle serviria também “para melhorar a qualidade de vida para todos em Londres e incentivar uma nova geração de ciclistas”, tornando a circulação das bicicletas mais segura, cita o mesmo jornal.



Uma vez que as linhas de caminho-de-ferro foram construídas para comboios a vapor, os seus percursos evitam, por exemplo, planos inclinados, para poupar energia. Norman Foster refere que os ciclistas desfrutariam destes percursos energeticamente económicos, com a vantagem de pouparem energia também por não terem de estar sempre a parar nos semáforos.

De acordo com o Observador, o custo do SkyCycle é de cerca de dez mil milhões de libras (cerca de 14 mil milhões de euros). O arquiteto já defendeu que a construção de túneis e carris que Londres precisaria para fazer circular a população que não para de aumentar será muito mais cara do que este projeto.
por: Miguel Ribeiro Pedra

http://www.transportesemrevista.com/Default.aspx?tabid=210&language=pt-PT&id=43941

Nenhum comentário: