sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Esteira, bicicleta ou transport? Descubra qual equipamento é mais adequado às suas necessidades

Na hora de se dedicar aos exercícios aeróbicos, sempre bate aquela dúvida sobre qual fazer. Consultamos um especialista no assunto para descobrir, então, quais as vantagens e desvantagens de cada equipamento e para qual perfil de pessoa eles são mais indicados. Confira

ENQUANTO A BIKE É A QUE MENOS PROVOCA IMPACTO NO JOELHO, A ESTEIRA É A MAIS PROBLEMÁTICA (Foto: Thinkstock)
Quando a proposta é perder peso, os exercícios aeróbicos entram em cena como principais aliados. Afinal, correr ou pedalar são ótimas maneiras de queimar calorias e gordura. Por isso, as maiores atrações da academia costumam ser abicicleta, esteira e transport.
ESTEIRAO difícil é saber qual realmente vai atender às necessidades, certo? De acordo com Marco Corradi, supervisor de marketing da Movement, o esforço dispensado durante o exercício e o ritmo dos batimentos cardíacos por minuto contam mais do que o aparelho escolhido. Mas cada um tem, sim, as suas especificidades. Descubra o que cada um deles pode fazer pelo seu corpo:

TRANSPORT OU ELÍTPTICO
Superdemocrático, o transport se adapta facilmente a todos os públicos e, por isso, tem sido um dos aparelhos mais procurados na academia. Segundo Corradi, a vantagem dele está na ausência de impacto.

O treinamento completo dos membros inferiores e superiores e a simulação de corrida com total ausência de impacto, torna este aparelho ideal para quem apresenta quadro de lesões ou obesidade”, conta ele. Estudos do The British Journal of Sports Medicine apontam que caminhar faz com que 112% do peso do atleta atinjam o chão a cada passada, enquanto a prática do elíptico aplica apenas 73% do peso.

Além disso, vale ressaltar que o transport ativa, principalmente, os músculos dos glúteos e das coxas com maior intensidade que a caminhada. Por isso, costuma ser muito usado pelas mulheres.

Na hora da prática, Corradi aconselha procurar um profissional para maiores orientações, se alongar antes e depois, e se hidratar durante o exercício.
Um dos aparelhos mais populares na academia, a esteira continua sendo a grande queridinha de quem deseja eliminar as gordurinhas extras. Por trabalhar muitos grupos musculares, ela permite eliminar cerca de 500 calorias por hora de corrida. Só não supera o gasto do transport.

A desvantagem fica por conta do impacto nos joelhos. Para minimizá-lo, a dica é investir na inclinação, que achega a até 15 graus, e investir em amortecimentos – no aparelho e nos pés, com o uso de tênis específicos.

Por se tratar de uma superfície móvel, ela demanda um cuidado especial com equilíbrio e coordenação.

BICICLETA
De todos os equipamentos mencionados, a bike é o que oferece menor gasto calórico já que não proporciona movimentação dos membros superiores. No entanto, ela carrega, sim, algumas vantagens.

O baixo impacto proporcionado e a não exigência de um condicionamento físico prévio faz com que ela seja recomendada, principalmente, a indivíduos sedentários.

Indicada para fortalecimento muscular, ela trabalha os membros inferiores, melhora as articulações, diminui as taxas de triglicérides e colesterol. Portanto,reduz os riscos de hipertensão, doenças cardiovasculares e diabetes

Nenhum comentário: