quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Quer ir de bike? Veja mapa das ciclovias paulistanas e onde alugar

Por: Rodrigo Lara | Fotos: Renato Aspromonte (gráfico) @ 26/01/2015, 10:48:16

Com o plano de instalar 400 km de ciclovias permanentes até o final de 2015, a Prefeitura de São Paulo pretende fazer das bicicletas um meio viável de transporte para o paulistano. É, sem dúvida, um plano ousado e polêmico, vez que a cidade foi moldada para o transporte individual e mudar isso exige planejamento.
Siga o AUTOPOLIS no Facebook
Leia mais notícias de serviços
Aqueles que quiserem deixar o carro na garagem e apostar em outros meios de transporte podem consultar a página do site da CET dedicada às bicicletas. Nela, há informações sobre o plano de instalação das ciclovias e dicas sobre como usar a bicicleta de forma eficiente e segura. Além disso, há um mapa interativo com todas as ciclovias fixas instaladas na cidade, o qual reproduzimos abaixo. No mapa, as linhas vermelhas representam as ciclovias, as rosas as ciclofaixas, as azuis as ciclorrotas e as verdes são as calçadas compartilhadas no centro da cidade. Confira:

Não tem bicicleta ou não sabe andar? Sem problemas

Quer andar de bicicleta pelas ciclovias da cidade e não tem uma bike? Sem problemas: atualmente há dois serviços principais de locação de bicicletas em funcionamento por São Paulo. O esquema é simples e envolve um cadastro. Após o procedimento, é possível retirar uma bicicleta em uma das estações de locação.
Um desses serviços é o Bike Sampa, que conta com o patrocínio do banco Itaú. Após realizar um cadastro no site do programa, é possível alugar uma bicicleta em um dos postos listados no mapa abaixo, sendo que o serviço funciona todos os dias da semana, das 6h às 22h, e a idade mínima para utilizar as bicicletas é de 18 anos. O pagamento pode ser feito utilizando o Bilhete Único e cada retirada de bicicleta dá direito a uma hora gratuita de pedalada, com intervalo mínimo de 15 minutos entre cada retirada. Quem exceder a hora de uso pagará R$ 5 por cada hora de utilização, valor debitado do Bilhete Único ou do cartão de crédito usado na hora do cadastro, caso essa tenha sido a opção escolhida.

Já o Ciclo Sampa é uma iniciativa da Prefeitura em parceria com a Bradesco Seguros e o Movimento Conviva. Os interessados em utilizar o serviço deverão realizar um cadastro no site do programa. Após esse passo, basta dirigir-se a uma estação de locação e retirar a bicicleta após se registrar no totem eletrônico. O serviço é gratuito para pedaladas de até 30 minutos, sendo que caso esse tempo seja excedido, haverá a cobrança de R$ 5 para cada 30 minutos extra. Essa cobrança é feita no mesmo cartão de crédito utilizado no totem eletrônico para retirar a bicicleta. Para ver o mapa das estações de aluguel de bicicletas, acesse o site do programa.
Por fim, quem quiser dar suas primeiras pedaladas pode contar com o auxílio do Bike Anjo. A iniciativa é voluntária e pode ajudar dois tipos de pessoas, basicamente: quem já sabe andar de bicicleta, porém não se sente seguro em encarar trajetos pelas ruas da cidade, e quem quer aprender a pedalar.
No site da ONG é possível preencher um cadastro que coloca o ciclista iniciante em contato com quem já usa a bicicleta com frequência em sua região. Com isso, é possível trocar dicas e também marcar pedaladas em conjunto para que a pessoa vá se acostumando. O projeto também realiza oficinas mensais em diversas cidades do país para ensinar pessoas a pedalar. Para se informar sobre datas e horários, clique aqui.
fonte:http://autopolis.com.br/mapa-interativo-ciclovias-34817

Nenhum comentário: