segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Após 142 países e 500.000 km de bicicleta, cineasta sai do Acre aos EUA

Aventureiro acreano de 61 anos coleciona histórias e tentará chegar ao país norte-americano em 8 meses. Saga começou neste domingo

Por GloboEsporte.com*Rio Branco, AC




142 países, 500.000km e 32 filhos. O cicloturista e cineasta acreano Gilberto Farias, conhecido por Trottamondos, coleciona histórias, duas voltas ao mundo de bicicleta e uma extensa lista de herdeiros. Mas, se engana quem pensa que aos 61 anos ele vai parar por aí. Acompanhado de cerca de 20 ciclistas, ele saiu do Acre rumo aos Estados Unidos neste domingo (4) e planeja chegar ao país norte-americano em até oito meses, de bicicleta.
Os companheiros de viagem, porém, seguiram apenas até a saída da cidade de Rio Branco, capital do Acre. De lá, Trottamondos seguiu a aventura sozinho. Ele pretende passar por 17 países das três Américas: Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Honduras, Guatemala, México e Estados Unidos.
Gilberto Trottamondos, antes de partir do Acre até os Estados Unidos, de bicicleta (Foto: João Paulo Maia)

- Pedalo uma média de 100km por dia. Daqui para a cidade de Watsonville, na Califórnia, são cerca de 22.000km. Em oito meses, daria 24.000km, então sobraria 2.000km de descanso no trajeto. O Acre levo no coração e o símbolo na minha bicicleta. Estou levando todos os meus conterrâneos na minha aventura - disse.

Trottamondos quer chegar ao país americano em 8 meses (Foto: Aline Nascimento/G1)

Trottamondos contou que antes de chegar ao destino, vai passar por alguns estados brasileiros, onde fará palestras sobre as viagens ao redor do mundo, vender filmes e depois seguirá pela América do Sul, América Central, até chegar aos Estados Unidos, na América do Norte. Ao chegar no local, ele pretende divulgar o trabalho como cineasta e comprar uma condução para que na próxima viagem possa levar a família junto.


Essa é a 6ª vez que ele faz o trajeto entre as Américas. A primeira começou em 1980, quando pedalou cerca de 52.000km até 1985. A primeira volta ao mundo, completa, foi de 1980 a 1996; a segunda de 1996 até 2006; e a terceira vai até 2023, quando ele completa 70 anos de idade.


- É uma viagem praticamente de negócio, porque aqui não vendo bem meus filmes, então, pretendo divulgar meu trabalho em outros países. Quero comprar um bom carro para viajar com minha família por lugares que eu já viajei - revelou ele, que depois dos EUA segue para a Europa e os outros continentes.



32 FILHOS PELO MUNDO


Em busca do sonho de conhecer o amor de sua vida, Trottamundos deixou pelo mundo 32 filhos. São 15 brasileiros (oito acreanos) e 17 estrangeiros (na Austrália, México e Portugal). Segundo o aventureiro, as duas primeiras viagens foram motivadas pelo desejo de encontrar Sirenita, um amor de infância que morreu aos 12 anos, mas prometeu que um dia voltaria para se casar com ele.

Gilberto Trottamondos e a atual família (Foto: Aline Nascimento/G1)

Depois de percorrer 142 países, "o reencontro com Sirenita" ocorreu em terras acreanas. Trottamondos acredita que sua atual esposa, Dirla Paula de Souza, de 29 anos, que nasceu em Xapuri, com que é casado há 9 anos e tem três filhas, de 7, 5 anos e uma bebê de 6 meses, é a paixão de infância, Sirenita. A esposa conta que, apesar da saudade que vai sentir do marido, sabe que ele está fazendo o que ama.


- Seria como pedir para um pássaro não voar. Imagina você pegar um pássaro e cortar as asas dele. O que ele ama fazer é viajar, então, se eu pedisse para ele não ir seria no mínimo desrespeitoso. Nunca pediria para ele não ir. Confio nele, mas é claro que vou sentir muita saudade - concluiu Dirla.


* Colaborou Aline Nascimento, do G1.

http://globoesporte.globo.com/ac/noticia/2015/01/apos-142-paises-e-500000-km-de-bicicleta-cineasta-sai-do-acre-aos-eua.html

Nenhum comentário: