segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Uso correto da bicicleta ajuda a evitar lesões

Luana Almeida

  • Eduardo Martins | Ag. A TARDE
    Márcia Meneses percebeu que as dores que sentia na coluna diminuíram após o uso constante da bike
O bom tempo, a proximidade do verão e o início das férias são um convite à prática de esportes ao ar livre, como o ciclismo. No entanto, antes de sair por aí a pedalar, é preciso estar atento ao uso correto da bicicleta.
De acordo com dados do estudo Ergonomia Aplicada ao Design de Bicicletas, desenvolvido pela Universidade de São Paulo (USP), cerca de 30% dos ciclistas brasileiros -  profissionais ou amadores -  sofrem ou já sofreram de dores na coluna e ou problemas musculares por conta do uso indevido  do equipamento.
O levantamento aponta que, entre as consequências mais comuns da prática incorreta estão lesões musculares, hérnias de disco, artroses, tendinites, incontinência e infecções urinárias e até problemas de ereção.
Especialista em osteopatia, o educador físico e fisioterapeuta Marcelino Lima alerta, também, para o aparecimento de dores na região lombar, cervical, nos joelhos e na panturrilha.
Para evitar problemas músculo-articulares,  ele recomenda que os ciclistas, sobretudo os que só praticam o esporte de forma eventual, observem  a altura e condições do banco (selim), a distância do guidom e o tamanho do quadro.
"O mercado possui uma variedade de bicicletas, das mais simples às mais equipadas. Porém, é possível obter conforto ao pedalar após ajustes simples", afirma.
Adaptação
Regular a altura do selim é a medida que o especialista considera como fundamental ao conforto e à saúde. "Um banco muito baixo requer que se dobre ainda mais o joelho, o que pode acabar machucando-o, além de causar lesões no quadril", diz Marcelino Lima.
Para fazer o ajuste, basta se posicionar ao lado da bike e erguer o banco até a altura do osso da bacia. "Nesse tamanho, o ciclista vai tocar o chão apenas com a ponta do pé", esclarece.
É preciso estar atento também ao conforto do banco: "O selim não pode ser muito duro, pois pode ocasionar a compressão do nervo pudendo, na região genital", explica.
O fisioterapeuta recomenda, ainda, que o ciclista mantenha a coluna ereta durante todo o tempo de pedalada.
"É comum, ao pedalar, flexionar   a coluna para frente de forma excessiva. Se posicionar bem sobre o veículo é a melhor maneira de evitar  dores", completa.
Reabilitação
Embora o ciclismo possa ser um vilão para a saúde de quem pratica o esporte de forma inadequada, quem o utiliza  de forma correta percebe melhoras significativas no tratamento para dores na coluna e musculares.
A designer Márcia Meneses, 41, usa a bicicleta como meio de transporte desde 2009, quando decidiu vender o carro. Depois que começou a pedalar com mais frequência, as dores decorrentes de uma hérnia de disco melhoraram significativamente.
Márcia sempre foi esportista, mas dispunha de pouco tempo para  exercitar-se por conta do trabalho. "Eu passava muito horas sentada. Quando comecei a usar mais a bicicleta, percebi  que as dores  provocadas pela hérnia reduziram bastante", relata.
Para  sentir-se mais confortável, a designer optou por  uma bike sem marchas - que, segundo ela, parece ser mais leve - e teve todo o cuidado de adaptá-la de acordo com a própria estatura.
"Me preocupo, também, com a postura. Como pedalo por toda a cidade, procuro permanecer numa posição ereta", afirma.
O ciclismo foi a recomendação do ortopedista do aposentado João Jorge Araújo, 64, para tonificar os músculos da perna após passar sete meses sem se exercitar por conta de uma cirurgia.
"Sentia que não tinha muita firmeza ao caminhar. A bicicleta me deu mais força e segurança", afirma.

Dicas básicas para ciclistas eventuais

Selim – Antes de montar, verifique se o banco está compatível com sua altura. Posicione-se ao lado da bike e erga o selim até o osso da bacia
Conforto – Opte por bancos confortáveis. Caso a bicicleta disponível não possua um selim acolchoado, use revestimento de gel, disponível em lojas de acessórios para ciclismo
Compra – Ao comprar uma bicicleta, verifique com o vendedor se o tamanho do quadro é apropriado para sua estatura. Prefira comprar em lojas especializadas
Tipo de bike – Antes de comprar, saiba a real utilização da bicicleta. Para lazer, opte pelas mais simples. Para o uso como meio de transporte, prefira as urbanas com marchas
Exercícios – Antes de começar a pedalar, faça alongamentos  simples

Nenhum comentário: