segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Projeto Relix inova ao doar bicicletas coletadoras para cooperativas de municípios do Estado

Antes da entrega simbólica das bicicletas no Parque Dona Lindu, houve um passeio ciclístico

Anderson Malagutti - Diario de Pernambuco
Publicação: 14/12/2014 18:38 Atualização: 14/12/2014 19:46

Projeto Relix de reciclagem e reutilizacao de lixo doa bicicletas chamadas ciclolix a associacao dos catadores de lixo. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press
Projeto Relix de reciclagem e reutilizacao de lixo doa bicicletas chamadas ciclolix a associacao dos catadores de lixo. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press
O domingo (14) marcou o fim do primeiro ano do Projeto Relix, no qual 25 cooperativas de reciclagem de 21 municípios do Estado foram contempladas com a doação de 100 bicicletas coletadoras, que foram especialmente desenhadas e projetadas para servir como meio de transporte para os catadores de materiais recicláveis. O ato reuniu centenas de pessoas no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem.

Muito mais do que a doação, o projeto tenta dar um reconhecimento social a essas pessoas. “Oferece mais dignidade ao catador e retira os animais das ruas. Além oferecer menor esforço físico e maior segurança para quem a conduz e para o trânsito, ela aumenta a auto estima do trabalhador e contribui para a valorização da profissão” explicou Lina Rosa,  idealizadora do Relix.

Do outro lado da moeda, está as associações. Para Luciano Gomes de Pinho, presidente da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Sirinhaém, faltou palavras, mas sobrou agradecimentos. “Para nossa associação é ideal. É ótimo demais. É muito importante para os 17 associados. Essas bicicletas vão ser muito bem aproveitas nas coletas e para ir para lugares mais longes. Os associados adoaram o projeto” contou.

Para marcar o fim do primeiro ano do projeto, o domingo foi de agenda cheia. Antes da entrega simbólica das bicicletas no Parque Dona Lindu, houve um passeio ciclístico que saiu do Parque Santana e chegou até o Parque da Jaqueira. Lá, houve apresentações artísticas e mostra da exposição itinerantes, que conta com 22 fotos de catadoras que ficam expostas nas próprias bicicletas. Na sequência, o passeio seguiu até o Parque Treze de Maio, onde aconteceu as mesmas apresentações, antes de seguirem até o Dona Lindu.

APP
Junto com o Projeto Relix, foi lançado um aplicativo para celular. Nele, é possível localizar pontos de coletas ou solicitar a coleta em domicílio. Há ainda mapa com a localização, além de telefones para contato.
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2014/12/14/interna_vidaurbana,549018/projeto-relix-inova-ao-doar-bicicletas-coletadoras-para-cooperativas-de-municipios-do-estado.shtml

Nenhum comentário: