quinta-feira, 20 de novembro de 2014

UCI cria mais uma regra: Ciclistas terão locais para jogar lixo

Nova medida visa concentrar em um local sachês, embalagens e caramanholas descartadas

ciclismo-estrada-garrafinhas
De acordo com o site “The Inner Ring”, a UCI (União Ciclística Internacional) irá implantar no próximo ano ‘zonas de lixo’ para os ciclistas ‘esvaziarem seus bolsos’. A ação visa concentrar em poucos lugares o acúmulo de lixo, que pode variar entre sachês de carbogel, embalagens de comida e, claro, as famosas caramanholas (squeezes).
As ‘zonas de lixo’ estarão posicionadas antes e depois das ‘zonas de alimentação’, local em que os ciclistas (normalmente os gregários) são abastecidos com isotônicos e comidas. Outro local para receber o lixo deverá ser feito a 20 km da linha de chegada.
As novas regras seriam implantadas em provas ou etapas que contemplem a existência de ‘zonas de alimentação’ (normalmente as com mais de 150 km). As mudanças foram feitas na regra número 2.3.026. Já a regra 2.2.024 diz que, existindo uma ‘zona de lixo’, os ciclistas deve depositá-los nesta área.
Caso alguém seja flagrado jogando lixo no lugar indevido será aplicada uma multa de 50 francos suíços (40 euros).
Agora como regra, a ‘zona de lixo’ já foi testada em algumas provas como Paris-Nice e a Tirreno-Adriatico. Mas normalmente a turma da limpeza (feita pela própria organizadora das provas) passa após o pelotão recolhendo o lixo. Já as caramanholas muitas vezes acabam sendo pegas pelos próprios torcedores.
Outras soluções implantadas pelas equipes para ajudar na preservação do meio ambiente são o uso de materiais biodegradáveis e camisas com mais bolsos, para que os ciclistas guardem os lixos.

Nenhum comentário: