sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Ciclista Claudio Clarindo aposta em financiamento coletivo rumo ao RAAM

Com o sistema Crowdfunding, atleta de Santos busca arrecadar R$ 77 mil para custear itens da Race Across America, entre elas, a inscrição e passagens aéreas

Por Santos, SPCiclismo Claudio Clarindo na Raam (Foto: divulgação)Claudio Clarindo em uma das edições da Raam (Foto: Divulgação)
Ele sempre realizou os seus desafios de forma individual, mas agora a ideia é completar o novo projeto com ajuda coletiva. O ciclista Claudio Clarindo está lançando uma campanha de financiamento coletivo, o chamado Crowdfunding, para viabilizar a sua quinta participação na RAAM, a Race Across America. A prova será realizada em 2015 e o atleta santista, que é dono da melhor marca na prova tem de pedalar ininterruptamente por quase cinco mil quilômetros, atravessando os Estados Unidos de costa a costa.  
A iniciativa vem sendo muito usada em vários países e ganhando força no Brasil. Para captar recursos, as pessoas colaboram, doando quantias em dinheiro e, como recompensa, podem adquirir algum item do projeto. No caso de Clarindo, os fãs podem adquirir squeezes a ter seu nome estampado no carro de apoio, que o acompanhará na disputa. Os prêmios dependem dos valor contribuído. Para colaborar, o interessado deve acessar a plataforma online de crowdfunding O Pote, no linkhttp://www.opote.com.br/claudio-clarindo-clr-na-raam-2015/recompensas
O Projeto Claudio Clarindo CLR na RAAM 2015 pretende arrecadar R$ 77 mil para custear a inscrição (valor estimado em R$ 10 mil), dez passagens aéreas para a equipe de apoio, aluguel de motorhome, minivan de apoio, mais de 4 mil litros de gasolina, entre outros gastos. 
- É comum que na RAAM, os ciclistas levantem uma bandeira de auxílio a alguma instituição, evidenciando uma causa. A minha será a APAE Santos e doarei 15% da arrecadação - diz o ciclista.
Além de completar o percurso, Clarindo tem a meta de estar entre os cinco melhores do mundo na categoria solo. A prova é apontada como a mais difícil do Mundo, tem em seu trajeto todos os tipos de adversidades, como deserto, altas montanhas de até 14 mil pés, entre outras adversidades.
http://globoesporte.globo.com/sp/santos-e-regiao/noticia/2014/10/ciclista-claudio-clarindo-aposta-em-financiamento-coletivo-rumo-ao-raam.html

Nenhum comentário: