segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Alberto Contador - El Pistolero

Alberto Contador é um ciclista  espanhol que corre pela Tinkoff-Saxo. 

A sua carreira começou quando tinha 15 anos, no nível amador em Espanha, ao juntar-se ao Real Velo Clube Portillo de Madrid. Embora não tenha obtido vitórias, ele demonstrou grandes qualidades e logo foi apelidado de Pantani devido às suas habilidades a subir na alta montanha. Foi no inicio do novo milénio, em 2000, que ele começou a ter as suas primeiras vitórias, ganhou vários prémios de montanhas em eventos de destaque no calendário de ciclismo amador espanhol.


Contador e os seus troféus mais prestigiantes


Em 2003 junta-se à equipa da ONCE-Eroski. No seu primeiro ano como profissional, ele ganhou a oitava etapa da Volta à Polónia. 
Durante a primeira etapa da Vuelta de 2004, numa etapa nas Astúrias começou a sentir-se mal, e depois de 40 km ele caiu e entrou em convulsões. Foi-lhe diagnosticado um Cavernoma cerebral, uma doença vascular congénita, para o qual ele foi submetido a cirurgia de risco. Como resultado da mesma, ele tem uma cicatriz que vai de uma orelha a outra por cima da sua cabeça. 
Contador começou a treinar novamente no final de 2004 e oito meses após a cirurgia, ele venceu a quinta etapa do Tour Down Under de 2005 já pela equipa Liberty Seguros, a sucessora da Once. Vem então a sua primeira vitória numa classificação geral, na semana da Volta à Catalunha, conquistando assim a sua primeira prova por etapas como profissional. Foi somando vitórias umas mais importantes que outras mas não participou no Tour de France 2006 devido a alegações de envolvimento com o caso de doping conhecido como Operación Puerto, contudo foi ilibado de todas as acusações a 26 de Julho de 2006.
Em 2007 começam as suas grandes vitórias nos denominados Grand Tours.
Venceu o Tour de France 2007. No ano de 2008 venceu o Giro d'Italia e Vuelta a España, mas não pode defender o seu título na Grand Boucle, pois a sua equipa não foi convidada mas no ano seguinte, ganhou o Tour de e arrecadou ainda três etapas.

Com as vitórias consecutivas em 2008 no Giro d'Italia e Vuelta a España a juntar-se ao seu triunfo no Tour de France 2007, tornou-se em 2008 o quinto ciclista da história a vencer os três Grand Tours.
Em 2010 repetiu a vitória, mas foi depois desclassificado pois acusou positivo num controlo antidoping tendo o triunfo sido atribuído ao mais novo dos irmãos Schleck, Andy. Perdeu também o seu titulo obtido no Giro D’Italia de 2011 e todos os títulos conquistados entre este período.                          
Em 2012, após regressar da suspensão vence a Vuelta, triunfo que repetiu novamente neste ano de 2014.
Contador, El pistolero na Vuelta 2014
Venceu outras competições de renome, como por exemplo a Vuelta al País Vasco e o Paris-Nice.

Contador é um dos melhores ciclistas da actualidade, e é dos ciclistas que não passa indiferente a nenhum seguidor da modalidade.
Fica então um resumo das equipas que representou:
2003–2006 Once -Eroski
2007-  Discovery Channel
2008– 2010 - Astana
2011–2012 - Saxo Bank-SunGard
2012 - Team Saxo Bank-Tinkoff Ban
http://etaparainha.blogspot.com.br/2014/10/alberto-contador-el-pistolero.html

Nenhum comentário: