sexta-feira, 13 de junho de 2014

AeroVelo pretende construir a bicicleta mais veloz do mundo

aero_velo_eta_kickstarter
A rendering of Eta showing the internal configuration, structure, and preliminary mechanical design.
Desenhando o seu nome da letra grega frequentemente usado em engenharia como o símbolo para a eficiência, Eta é realmente um refinamento do AeroVelo e 2012 bicicletas Bluenose, que chegou a um impressionante 77,67 mph (125,0 km/h). A equipe calcula velocidades superiores a 87 mph (140 km/h) serão possíveis com a Eta.
Os detalhes sobre a nova bicicleta ainda são poucos nesta fase, e podemos esperar informações mais sólidas para filtrar nas próximas semanas, mas nós sabemos o básico. Como Bluenose, piloto da Eta vai sentar-se em uma posição reclinada e não têm pára-brisas, mas, ao contrário, dependem de uma pequena câmera de vídeo sobre a moto para oferecer vista para o exterior.
Estes pneus artesanais esportes medem cerca de 66 cm (26 pol) de diâmetro, o que é um passo-up a partir de pequenas 406 (cerca de 50 cm/20 em) de Bluenose pneus. Também vai contar com um design muito aerodinâmico, a fim de aproveitar ao máximo o 1 cv que estima será a potência máxima de saída do piloto da moto.
De acordo com cálculos preliminares da AeroVelo, que são baseados em simulações de computador de uma corrida de velocidade em Battle Mountain, Eta deve oferecer cerca de 1 por cento melhor desempenho em corrente de transmissão, o arrasto aerodinâmico, resistência ao rolamento, e massa bicicleta, quando comparado com o seu antecessor.
A fim de ajudar a levantar fundos, AeroVelo lançou uma campanha Kickstarter. Defensores pode prometer entre CAD 5 a CAD 1000, com recompensas, tais como t-shirts, modelos em escala, e um telefonema com uma hora de duração com os líderes da equipe são oferecidos. A campanha termina em 9 de julho.
http://www.teciber.com/ciencia/aerovelo-pretende-construir-bicicleta-mais-veloz-mundo/
https://www.kickstarter.com/projects/1156290643/eta-be-a-part-of-building-the-worlda-fastest-bike

Nenhum comentário: