quarta-feira, 16 de abril de 2014

Brasil: Belém doa 5000 bicicletas para alunos irem à escola Capital do estado do Pará facilita acesso às escolas para diminuir as faltas dos alunos.

15 de Abril 2014,

A cidade de Belém, capital do estado brasileiro do Pará facilita acesso às escolas para diminuir as faltas dos alunos. 15 de Abril 2014, 19h02Nº de votos (0) Comentários (1) Por:Domingos Grilo Serrinha, correspondente no Brasil  
 A cidade de Belém, capital do estado brasileiro do Pará, encontrou uma forma barata, prática e de resultados imediatos para resolver a carência de transporte escolar nos bairros mais afastados e para diminuir o elevado número de faltas às aulas de alunos que tinham dificuldade para chegar à escola.   
A câmara comprou com recursos próprios 5000 bicicletas para doar a estudantes que habitam bairros da periferia e das ilhas que cercam a cidade, permitindo-lhes acesso mais fácil e rápido ao estabelecimento de ensino onde estudam.   
De acordo com o que uma porta-voz da Secretaria Municipal de Educação adiantou ao "Correio da Manhã", de Janeiro até à semana passada, quando foi feita a mais recente cerimónia de entrega de bicicletas em escolas primárias e preparatórias do município, 2500 "magrelas" já foram parar nas mãos de outros tantos alunos que vivem em bairros da região de Icoaraci, bem distante do centro, e na ilha do Mosqueiro. Até Junho, mais 2500 estudantes de outras regiões vão ser beneficiados com as restantes bicicletas já adquiridas, e mais serão compradas se se mostrar necessário.   
As bicicletas, ainda segundo aquilo que foi avançado ao CM, são doadas a alunos com 10 anos ou mais que vivem em regiões afastadas, onde o transporte regular é escasso ou mesmo inexiste. Com as "Bics", os alunos ganham mobilidade e facilidade para irem diariamente à escola, reduzindo a evasão escolar.   
Ao mesmo tempo, esses estudantes diminuem significativamente o desgaste provocado pelas longas caminhadas que muitos tinham de fazer para irem à escola, onde já chegavam exaustos, e que no final das aulas tinham que repetir para voltarem para casa. Além de tudo o mais, em regiões como as citadas, onde o poder de compra das famílias é baixo e as opções de lazer são tão escassas quanto o transporte, as bicicletas doadas à criançada transformaram-se numa alegre forma de diversão e convívio nos fins de semana e outros tempos livres.
 Por uma questão de segurança, o projecto atende apenas crianças e adolescentes de famílias carentes que vivem e estudam na periferia de Belém e em locais ainda mais distantes, como as ilhas, deixando de fora alunos igualmente carentes mas que vivem no centro urbano da capital paraense. 
A edilidade considerou que seria muito perigoso dar bicicletas a crianças e adolescentes que vivem na zona urbana, pois o trânsito na cidade é muito mais intenso do que nas áreas afastadas e poderia colocar os menores em risco ao terem que disputar espaço com carros, autocarros e camiões.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/brasil-belem-doa-5000-bicicletas-para-alunos-de-bairros-distantes-irem-a-escola

Nenhum comentário: