terça-feira, 22 de abril de 2014

Andar de bike alivia o estresse, melhora a frequência cardíaca, o equilíbrio e o fôlego

21/04/2014 - 20:41


Divulgação
A professora Leandra Granville diz que sua vida mudou depois que passou a andar de bicicleta
A professora Leandra Granville, 32 anos, começou a pedalar porque sentia falta de praticar exercícios em sua vida, porém, nunca gostou de ambientes de academia. O que era apenas uma atividade para movimentar o corpo tornou-se um “vício” que, além de fazê-la emagrecer 10 kg em três anos, trouxe integração social e novos amigos à vida de Leandra.
“Andar de bicicleta melhorou tudo em minha vida. Quando comecei a andar estava em uma fase difícil, um pouco deprimida e pedalar foi que me tirou disso sem que eu precisasse recorrer a medicamentos”, afirma.
A educadora física Karina Francis explica que aderir à bicicleta como atividade física traz alívio de estresse, melhora a frequência cardíaca, ajuda no equilíbrio e até a ganhar fôlego. “É um exercício praticamente sem restrição. Andar de bike pelo menos três vezes por semana ajuda a controlar triglicérides, colesterol, hipertensão e obesidade”, explica a especialista.
Segundo ela, conforme o peso, a velocidade e o esforço que a pessoa faz, 1h andando de bicicleta pode levar o ciclista à perda de 300 a 500 calorias.
Pedalar também ajuda a amenizar a retenção de líquidos e melhora a disposição, pois, com a prática, o corpo libera endorfina, o hormônio do bem-estar. “Se você puder ir pedalando para o trabalho vai perceber que, ao chegar, vai estar com mais disposição por conta da liberação da endorfina”, explica Karina.
Para Leandra, a sensação de liberdade e de bem- -estar que o pedal proporciona é impagável. “O vento batendo no rosto, a sensação de liberdade que você sente pedalando eu ainda não encontrei em outro esporte”, afirma.
Hoje a professora pedala 2h30 todos os dias, faz treinos de resistência na terra e no asfalto. “Fui encontrando amigos que também pedalam e comecei a pedalar na terra. De bike você percebe outras paisagens que às vezes você não notava”, diz.
Na academia
Para quem tem medo de andar de bicicleta no trânsito, a educadora física Karina Francis explica as diferenças do exercício da bicicleta na academia. “No aparelho da academia a pessoa vai exercitar basicamente a perna. É um exercício localizado. Andar de bicicleta ao ar livre já é diferente. Além de perna, você está trabalhando abdome, que fica em contração durante a prática, os braços e ainda existe a questão do equilíbrio e da concentração, que você não trabalha no aparelho da academia”, explica. 
http://www.jornalacidade.com.br/lazerecultura/NOT,2,2,944780,Andar+de+bike+alivia+o+estresse+melhora+a+frequencia+cardiaca+o+equilibrio+e+o+folego.aspx

Nenhum comentário: