segunda-feira, 7 de abril de 2014

Amantes do ciclismo criam serviço de delivery por bicicletas em Maceió



Michelle Farias

Ecourier tem dois meses no mercado e já fidelizou vários clientes.
Amigos queriam serviço de entrega que não agredisse o meio ambiente.

Do G1 AL
Eles não imaginavam que a paixão por bicicletas poderia se tornar algo rentável e totalmente sustentável. Foi pensando no meio ambiente que sete amigos ciclistas decidiram criar uma empresa que fizesse a inovação no serviço de entregas em Maceió. A Ecourier tem dois meses no mercado e já conseguiu fidelizar vários clientes. Além de não agredir o meio ambiente, as entregas são feitas de forma rápida e custam em média cerca de 40% a menos que as realizadas por motoboys.
Ciclistas criam empresa sustentável de entrega em Maceió. (Foto: Michelle Farias/G1)Ciclistas criam empresa sustentável de entrega em Maceió. (Foto: Michelle Farias/G1)
Um dos representantes da empresa, Edval Santana, diz que já gostava de pedalar e que resolveu, junto aos amigos, utilizar a bicicleta como uma alternativa sustentável de trabalho. “A grande vantagem é que não utilizamos combustível e nosso meio de entrega dificilmente quebra. Mas sentimos que ainda há uma resistência pela motocicleta como meio de transporte mais rápido”, afirma ao ressaltar que a diferença entre os dois veículos é mínima.

Santana diz ainda que a empresa consegue fazer entregas em toda a capital. Mas para isso acontecer, cinco entregadores ficam em três pontos diferentes da cidade: Centro, Farol e Tabuleiro. Com isso, as entregas são feitas mais rapidamente. “Temos uma central que funciona no bairro de Pajuçara, que filtra as entregas e repassa para os entregadores. Fazemos entregas com peso de até 10 kg, mas já conseguimos carregar uma bicicleta desmontada. Vale lembrar que os produtos não podem ser frágeis”, esclarece.
A reportagem do G1 acompanhou Talvane Correia em uma das entregas. A saída foi da Rua Dr. Abelardo Pontes Lima, no bairro da Gruta, até um banco próximo ao Shopping Cidade, no Farol. Logo no início do trajeto o carro da reportagem ficou pra trás. Correia fez o percurso pela Avenida Fernandes Lima utilizando a Faixa Azul e chegou em cinco minutos. Já a reportagem chegou 20 minutos depois. Em seguida, fomos ao Centro e novamente o entregador chegou mais rápido, completando todo o percurso pelos bairros da Gruta e Farol até o destino final em 15 minutos.
Entregas são feitas de forma rápida e segura. (Foto: Michelle Farias/G1)Entregas são feitas de forma rápida e segura.
(Foto: Michelle Farias/G1)
“Nós temos essa vantagem de usar a Faixa Azul na Av. Fernandes Lima e dividimos o espaço com os motoristas de ônibus. Estamos sentindo que os motoristas estão nos respeitando mais e que estão nos dando preferência. Espero que essa condição melhore e que todos os ciclistas se sintam mais seguros”, afirma Correia.
Como eles não utilizam combustível, as entregas são mais baratas que as realizadas com motocicleta. De acordo com Santana, as entregas custam de R$ 6 a R$ 20 e eles já possuem clientes fiéis. Como é o caso da corretora de seguros Keyla Macêdo, que pelo menos uma vez por semana contrata os serviços da empresa. “Foi uma alternativa mais barata e que sei que não agride o meio ambiente. Eu fazia o mesmo serviço com o motoboy e estou economizando cerca de 40%”, afirma.
Além de utilizarem um meio de transporte sustentável, a empresa também avisa por mensagem de texto no celular quando o pedido é entregue. A bancária Camila Mendes diz que se sente segura utilizando os serviços. "Além de ser mais barato, é de confiança. Além disso, me sinto segura porque eles avisam que o pedido foi entregue por meio de mensagem no celular, o que faz toda diferença", diz.
http://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2014/04/amantes-do-ciclismo-criam-servico-de-delivery-por-bicicletas-em-maceio.html

Nenhum comentário: