sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Wiggins: «Vencedores do Tour limpos contam-se pelos dedos de uma mão»

BRITÂNICO DA SKY POLÉMICO SOBRE DOPING NA MODALIDADE
Quarta-Feira, 5 fevereiro de 2014 | 19:25
Autor: LUSA

Fotos: REUTERS
 
O ciclista britânico Bradley Wiggins (Sky), vencedor da Volta a França em 2012 e campeão olímpico de contrarrelógio, disse esta quarta-feira que se contam "pelos dedos de uma mão" os vencedores do Tour "limpos de doping".

Wiggins, que está em Espanha para disputar o Challenge de Maiorca, incluiu-se nesse grupo restrito.

"Não há muitos vencedores na história do Tour que fossem limpos. Poderíamos contá-los pelos dedos de uma mão. Muitos dos vencedores da década passada tomaram substâncias proibidas para chegarem à amarela", disse Wiggins.

Depois de uma análise aos casos do norte-americano Lance Armstrong, despojado dos seus sete títulos no Tour por doping, do espanhol Alberto Contador, privado do triunfo de 2010 por ter acusado positivo por clembuterol, o campeão inglês admitiu que essas situações dão-lhe mais responsabilidade.

"Encontro-me num grupo restrito e isso traz responsabilidade, porque há que dar o exemplo ao Mundo e credibilidade, para que as pessoas vejam que não há 'esqueletos no armário'", disse Wiggins.

O corredor, que já anunciou a sua presença na "clássica" Paris-Roubaix e na Volta à Califórnia, mostrou-se "feliz" com a função de apoiar o seu companheiro de equipa e compatriota Chris Fromme, vencedor do Tour em 2013, na tentativa deste em renovar o título na prova gaulesa.

Nenhum comentário: