sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

RMR receberá 590km de vias exclusivas para bicicleta até 2024

Pacote também prevê mudanças em 11,5 km da PE-15, de Abreu e Lima a Olinda

Publicação: 05/02/2014 13:34 Atualização: 06/02/2014 00:34

PE-15 será requalificada e ganhará ciclovia até outubro deste ano. Foto: Secretaria das Cidades/Divulgação. (Secretaria das Cidades/Divulgação)
PE-15 será requalificada e ganhará ciclovia até outubro deste ano. Foto: Secretaria das Cidades/Divulgação.
O governo de Pernambuco apresentou nesta quarta-feira o Plano Diretor Cicloviário. Parceria entre o estado e os 14 municípios da Região Metropolitana do Recife, o plano vai implantar 590km de ciclovias e ciclofaixas até 2024. O investimento será de R$ 354 milhões, dos quais R$ 187 milhões (53%) serão de responsabilidade do estado e os outros R$ 166 milhões (46%) das prefeituras. A elaboração do plano custou R$ 637 mil, prevê que até o ano de 2022 Pernambuco terá uma rede com 590 quilômetros de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas.

Os investimentos estaduais irão se concentrar para formar a rede metropolitana, que será composta por 244 km de ciclovias. A complementar, com 346 km de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, irá conectar os terminais integrados de ônibus à rede metropolitana e receberá verba municipal. 

O Recife receberá um novo trecho de 2,5 km de ciclovia, na Rua Arquiteto Luiz Nunes, na Imbiribeira, até abril. Até junho, toda a malha existente de 28,8 km da cidade passará por melhorias e, em 60 dias, um estudo irá apontar novas 12 rotas. 

De acordo com um levantamento feito pelo plano, 58% dos usuários de bicicletas utilizam o modal para se locomover até o trabalho. Com isso, os usuários do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) serão isentos de pagar a taxa no programa de compartilhamento de bicicletas, que também terá e seu tempo de aluguel expandido de 30 minutos para 60 minutos para todos os usuários. 

Para o governador Eduardo Campos, não é o momento é "apontar culpados" para o problema da mobilidade, mas sim "de debater, refletir e encontrar soluções para sair desse impasse". "Em 10 anos, a frota de carros no País dobrou. Nós sabemos que o carro é o segundo desejo do brasileiro, ficando atrás apenas da casa própria. Temos que incentivar os diversos modais para provocar uma transformação em Pernambuco e no Brasil", disse.
PE-15
O governador Eduardo Campos assinou o edital de requalificação da PE-15. Até outubro deste ano, um trecho de 11,5 km da rodovia, de Abreu e Lima a Olinda, ganhará tratamento urbanístico e terá a ciclovia recuperada, conforme as diretrizes do Plano Diretor Cicloviário da RMR, lançado na tarde desta quarta.

Com um investimento de R$ 14 milhões, o projeto prevê calçadas em concreto bombeado, além de meios fios com rampas para cadeirantes. Uma ciclovia existente no local, que foi implementada na década de 1980, será recuperada. "Poucas pessoas percebem que existe uma ciclovia na PE-15. Com o tempo, ela foi sendo ocupada, fazendo com que as bicicletas tivessem que trafegar junto com os carros", contextualizou o secretário das Cidades, Danilo Cabral.

Cinco passarelas de pedestres também estão previstas no projeto. "Além do corredor de ônibus, vamos tornar a PE-15 uma via agradável para pedestres e ciclistas", afirmou o secretário. A licitação das obras deve terminar no próximo mês, e a ordem de serviço deve ser asssinada em abril. A previsão de conclusão das obras é de seis meses.
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2014/02/05/interna_vidaurbana,487931/rmr-recebera-590km-de-vias-exclusivas-para-bicicleta-ate-2024.shtml

Nenhum comentário: