terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

João Gaspar, o Canibal, revelação do Tour do Brasil, mira os Jogos Rio-2016‏

16/02
Ciclista da Ironage/Colner, que tem patrocínio da Shimano, foi campeão de Montanha e Sub-23 e
terceiro colocado no individual e quer representar o Brasil na Olimpíada do Rio. Colombiano Diego
Ochoa, da 4-72, levou o vice na Sub-23
A 10ª edição do Tour do Brasil/Volta Ciclística de São Paulo foi encerrada neste domingo (16) com muita comemoração da equipe Ironage/Colner, apoiada pela Shimano. O ciclista sul-matogrossense, João Gaspar, confirmou os títulos de Montanha e Sub-23, além de subir mais uma vez no pódio para receber o troféu de terceiro lugar no individual, atrás do bicampeão Magno Nazaret e de Alex Diniz. A sequência de bons resultados credencia o jovem de 21 anos a brigar por vaga nos Jogos Rio-2016. Da equipe 4-72 (Colômbia), patrocinada pela marca japonesa, o destaque foi Diego Ochoa, vice campeão no Sub-23.

"Estou muito satisfeito. Há três meses atrás quando iniciei meus treinos pensando no Tour do Brasil, coloquei como objetivo vencer a Montanha e o Sub-23. Conquistar excelentes resultados, ficando entre os três primeiros no geral, além de confirmar as camisas branca e branca com bolas vermelhas, é muito satisfatório", comemorou João Gaspar. "O trabalho em equipe foi fundamental. No ciclismo, quando ganha um, todos saem vencedores. Todos ficam contentes e se sentem tão vencedores quanto eu fui", concluiu. Seus companheiros de equipe também brilharam na última etapa, a da Copa República, vencendo as três meta volantes do dia: Gaspar triunfou na primeira, José Eriberto Medeiros na segunda e Murilo Ferraz na última.

Apelidado de Canibal pela fome dentro e fora das pistas, Gaspar começou no esporte aos 15 anos em sua cidade natal, Sete Quedas. Dificuldades financeiras obrigaram-o a abandonar o esporte por dois anos. Retornou ao ciclismo aos 18 anos, quando foi para a capital Campo Grande. Um ano depois, em 2011, veio para São Paulo, onde sua carreira começou a ganhar projeção. Após passar por equipes de Presidente Prudente e Assis, foi convidado, no ano passado, para pedalar pela recém criada Ironage/Colner, comandada pelo argentino Edgardo Simon, técnico e atleta da equipe.



"No começo sempre é difícil, porque você enfrenta situações complicadas. Porém, é preciso passar por momentos ruins para lá na frente você dar valor e agradecer pelas conquistas obtidas. Desde que o Simon me convidou para integrar a Ironage/Colner, consegui resultados bons tanto para mim quanto para a equipe", contou Canibal, que nos últimos meses somou diversos títulos de Montanha no Tour do Rio e Desafio das Américas, além do outros troféus de Sub-23 nas duas competições e no Tour de San Juan, na Argentina.

Convocado junto com seu companheiro de equipe, Murilo Ferraz, para integrar a seleção brasileira nos Jogos Sul-Americanos, entre os dias 07 a 18 de março, na cidade de Santiago, no Chile, João Gaspar tem uma meta bem definida para os próximos anos. "A Confederação Brasileira de Ciclismo está com um projeto forte para Rio-2016 e creio que tenho grandes chances de estar no Rio de Janeiro daqui dois anos, que é um sonho para qualquer atleta. Outra meta é competir na Europa, quem sabe em 2015", projetou.

Edgardo Simon destacou o trabalho em equipe da Ironage/Colner e falou do futuro de João Gaspar. "Avaliando o Tour do Brasil como técnico, posso dizer que o resultado foi excelente. Tivemos dois triunfos de etapas muito difíceis, inclusive com uma dobradinha, de José Eriberto e Murilo, além da vitória de Gaspar. Ganhamos duas das quatro camisas disputadas", disse Simon. "O João é hoje no ciclismo de estrada um dos atletas do Brasil com mais futuro pela frente, entre aqueles do Sub-23. Esperávamos ser protagonistas com o Canibal, porque fizemos um ótimo trabalho de preparação para a competição, com muito sacrifício e entrega. Por tudo isso, estamos muito felizes. Ele sem dúvida estará na Europa em pouco tempo", completou o argentino, técnico e atleta da equipe patrocinada pela Shimano, que forneceu o grupo de componente Ultegra e capacetes Kabuto aos ciclistas.


Resultados


Individual Geral
1. Magno Nazaret (Funvic/Brasilinvest/São José dos Campos) - 21h54min38
2. Alex Diniz (Funvic/Brasilinvest/São José dos Campos) - 21h56min05
3. João Gaspar (Ironage/Colner) - 21h57min07
4. Oscar Sevilla (EPM) - 21h57min17'
5. Willian Chiarello (São Lucas/Giant/Bontranger/Americana) - 21h59min03



Montanha
1. João Gaspar (Ironage/Colner) - 25 pontos
2. José Eriberto Medeiros (Ironage/Colner) - 12 pontos
3. Oscar Sanches Guarin (Funvic/Brasilinvest/São José dos Campos) - 12 pontos


Sub-23
1. João Gaspar (Ironage/Colner) - 21h57min07
2. Diego Ochoa (4-72) - 22h04min10
3. Kirill Sveshnikov (Russian National Team) - 22h07min
http://esporte.surgiu.com.br/noticia/138271/joao-gaspar-o-canibal-revelacao-do-tour-do-brasil-mira-os-jogos-rio-20168207.html

Nenhum comentário: