terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Alex Zanardi retorna às pistas, mas tentará bi paralímpico no Rio 2016

21/01/2014 09h03 - Atualizado em 21/01/2014 09h08

Após conquistar dois ouros em Londres 2012, piloto e ciclista italiano competirá
com carro adaptado na próxima temporada do Mundial de Gran Turismo da FIA

Por GloboEsporte.comMilão

Apesar do sucesso indiscutível no ciclismo paralímpico, o italiano Alex Zanardi nunca escondeu a vontade de voltar a se dedicar ao mundo dos esportes a motor. Em 2012, após conquistar três medalhas (duas de ouro e uma de prata) nos Jogos de Londres, o atleta adiou os planos para cuidar do filho. Mas a paixão pela alta velocidade acabou falando mais alto. Zanardi, que perdeu as duas pernas em um grave acidente na CART (categoria de monopostos dissidente da Indy) em 2001, retornará às pistas após um hiato de quatro anos.
O italiano, que disputou cinco temporadas na Fórmula 1 entre 1991 e 1999, guiará um BMW Z4 GT3 na próxima edição do Mundial de Gran Turismo da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o FIA GT Series. Este ano, Zanardi se dedicará integralmente à competição, graça a uma parceria com a fabricante alemã. O bicampeão da CART correrá pela equipe Roal Motorsport, a mesma que defendeu no Campeonato Europeu de Turismo, em 2004, e no Mundial de Turismo, entre 2005 e 2009.

Em 2012, Alex Zanardi pilotou um carro adaptado no DTM, à convite da BMW (Foto: Divulgação / DTM)

Em novembro de 2012, Zanardi pilotou um carro do DTM, o campeonato alemão de turismo, no circuito de Nürburgring, à convite da BMW. Na ocasião, o italiano de 47 anos completou 32 voltas em no modelo M3 da montadora, especialmente modificado para atender suas necessidades. O carro tinha a cor dourada em alusão às duas medalhas de ouro paralímpicas, além de um adesivo no capô com sua imagem após uma das conquistas em Londres. Para Zanardi, a experiência foi determinante para sua decisão.

Alex Zanardi comemora medalha de ouro nas Paralimpíadas de Londres (Foto: Getty Images)

- Quando entrei na pista com o carro do DTM, no final de 2012, imediatamente senti aquela “coceira” nos dedos. Desde então, tenho considerado seriamente a ideia de retornar ao automobilismo. Em parceria com a BMW, analisamos diversas opções, e eu estou realmente muito agradecido por poder trabalhar com meus velhos amigos da Roal mais uma vez - comemorou Zanardi.


O chefe da divisão de automobilismo da BMW, Jens Marquardt, também demonstrou empolgação ao anunciar a volta do piloto italiano às pistas:


- Eu não posso expressar o quanto estou feliz em dizer que um dos maiores heróis da BMW no automobilismo está retornando ao cockpit em um dos nossos carros. Como ser humano e como atleta, Alex é um modelo completo de inspiração para todos nós - disse Marquardt.


A participação de Zanardi no FIA GT Series vai abranger seis dos sete finais de semana que compõem a competição. O piloto e ciclista ressaltou que pretende conciliar a competição nas pistas com sua preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.


Após o terrível acidente que provocou a amputação das duas pernas, o italiano voltou às competições guiando um carro adaptado, com freio no pedal acionado por sua perna mecânica, e o acelerador ligado a uma alavanca manual no volante. Zanardi resolveu se dedicar ao ciclismo paralímpico em 2007, após conquistar o quarto lugar na Maratona de Nova York, depois de apenas quatro semanas de treinamento. No novo esporte, as próteses deixaram de ser item indispensável, uma vez que a modalidade é impulsionada por manetes e não por pedais.

Alex Zanardi manterá treinos para disputar as Paralimpíadas do Rio, em 2016 (Foto: AFP)http://globoesporte.globo.com/motor/noticia/2014/01/alex-zanardi-anuncia-retorno-pistas-mas-tentara-bi-paralimpico-no-rio-2016.html

Nenhum comentário: