quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Publicada lei que proíbe restrições ao uso de bicicleta elétrica no RJ

Veículos não podem ultrapassar 50km/h e precisam ter pedal.
Polêmica começou quando cinegrafista foi parado pela Lei Seca.

Bicicleta; elétrica; rio de janeiro (Foto: Reprodução / RJTV)Bicicleta elétrica é alvo de polêmica desde maio
de 2012 (Foto: Reprodução / RJTV)
A lei que impede a criação de restrições ao uso da bicicleta elétrica no Estado do Rio de Janeiro foi publicada em Diário Oficial nesta terça-feira (3). Embora não regulamente, por exemplo, a obrigatoriedade ou não do uso de capacete, a norma caracteriza o veículo como aqueles que atingem até 50km/h, cujo motor não produz mais de 4kw e que tenha pedais.
O texto aprovado na segunda (2) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) prevê a proibição de obstáculos para "dificultar o uso de bicicletas elétricas, sempre que o condutor estiver cumprindo as regras locais de utilização das mesmas".
A polêmica sobre o transporte alternativo começou em maio de 2012, quando o cinegrafista Marcelo Toscano Bianco foi parado em uma blitz da Lei Seca. Como ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, o veículo foi apreendido e Toscano foi multado.
Depois da aprovação, o caso foi lembrado pela autora da lei, Inês Pandeló (PT). "Recentemente vimos seu uso sendo questionado e reprimido. Queremos que haja uma regulamentação para que elas sejam incentivadas", afirmou.
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/12/aprovada-lei-que-proibe-restricoes-ao-uso-de-bicicleta-eletrica-no-rj.html

Nenhum comentário: