segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Monte Ventoux de bike alugada

 
BLOG DA REDAÇÃO

SEM DOPING: Robert Holden e sua bike de ferro encarando o Ventoux

Parece pagamento de promessa: em outubro, o britânico Matthew Winstone pagou £ 2 para alugar uma Boris Bike, como são popularmente conhecidas as bicicletas compartilhadas de Londres, e foi ao encontro de seus amigos Ian Laurie e Robert Holden. Numa van, o trio cruzou o Eurotunnel rumo à França. Esse foi só o começo de uma saga que duraria exatas 24 horas.

O desafio maior ficou para Robert, que encarou nessa bike de três marchas e 22 quilos um pedal até o topo do Monte Ventoux, a subida que é o maior pesadelo dos ciclistas que disputam o Tour de France.

O Ventoux ficou famoso depois que o ciclista bitrânico Tommy Simpson morreu de exaustão em 1967, pouco antes de chegar ao cume. Até Eddie Merckx, a maior lenda desse esporte, precisou de oxigênio suplementar depois de vencer a subida de 22,5 quilômetros. O britânico Chris Froome, vencedor do Tour de France 2013, também fez uma sessão de inalação depois de vencer a etapa do Ventoux neste ano. Em cima de uma Boris Bike, Robert Holden levou 2h55min para concluir a escalada.

A ideia surgiu numa conversa de bar: “O quão longe era possível ir com uma bike alugada dessas?”. Robert também aproveitou para chamar a atenção e reverter uma verba para a instituição Macmillan Cancer Support
que dá apoio médico e financeiro a pessoas com câncer.

Recentemente o pai de Robert lutou contra a doença – e venceu –, e ele quis dar algo em troca. “Meu pai respondeu bem à cirurgia, mas infelizmente essa doença ainda é um pesadelo para muitas pessoas”, justificou.

Com o feito maluco, o trio já arrecadou mais de £ 3.500 até o momento e gravou um vídeo para continuar ajudando. A saga para devolver a bicicleta antes de o tempo de aluguel completar 24 horas é o mais interessante no vídeo abaixo. As chuvas que pegaram pelo caminho só atrapalharam, e por alguns segundos – isso mesmo, menos de um minuto – eles não são obrigado a pagar uma multa de £ 150 para o serviço de transporte londrino por expirar o tempo.   

Até o prefeito de Londres, Boris Johnson, parabenizou-os pelo desafio, e também aproveitou para fazer uma propagandinha política: “Serviu para mostrar aos nossos primos ‘franceses’ o quanto resistente são nossas bikes urbanas”.


Nenhum comentário: