terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Fiscalização de ciclistas busca evitar danos ao patrimônio em Araxá

Circulação com bicicletas, patins e skates estão na mira dos fiscais. 

Medida visa evitar acidentes e depredação e já é lei na cidade.

Do G1 Triângulo Mineiro

O lavrador dá o exemplo e cumpre a lei em Araxá  (Foto: Reprodução/TV Integração)O lavrador dá o exemplo e cumpre a lei em Araxá
(Foto: Reprodução/TV Integração)







Fiscais da Secretaria Municipal de Segurança Pública intensificaram os trabalhos de fiscalização e orientação em alguns pontos de Araxá, no Alto Paranaíba. O objetivo é coibir a circulação de pessoas em bicicletas, skates e patins. A medida é uma forma de evitar acidentes envolvendo terceiros e a depredação do patrimônio público. O rigor visa o cumprimento de uma lei municipal de setembro deste ano.
Alguns skates já foram apreendidos nas primeiras ações, mas as apreensões são exceções, segundo o secretário de Segurança Pública, Mauro da Silveira Chaves. "O infrator tem seus materiais recolhidos e encaminhados à Secretaria de Segurança Pública e fica à disposição do interessado. Quando o dono é uma criança ou adolescente, o material deve ser retirado pelos responsáveis, mediante recibo", explicou.
Como a lei não foi regulamentada, ainda não há multas, e os infratores nesse primeiro momento são apenas orientados. Segundo o secretário, muitas pessoas ainda desconhecem a lei, mas com menos de um mês de fiscalização já é possível notar a diferença em alguns pontos da cidade. "De início estamos orientando, mas pode ser que seja necessária, em caso de descumprimento, a apreensão da bicicleta. Nos primeiros dias tivemos bastante trabalho, muitas apreensões, mas já notamos que muita gente está procurando respeitar a lei", relatou.
O lavrador Célio dos Reis Borges encontrou um jeito de não desobedecer a lei,  ele empurra a bicicleta nos trechos em que o uso é proibido. Uma forma segundo Célio de respeitar a lei e o próximo. "Isso para mim é um veículo mesmo, e tem que respeitar o trânsito e as pessoas", finalizou o lavrador.

Nenhum comentário: