terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Ciclo de vida

Filme coloca a bicicleta como personagem principal para mostrar que a vida é um constante recomeço


BIKE É VIDA: Tudo se transforma, inclusive a bicicleta

O filme a seguir, exibido neste ano no Bicycle Film Festival
dá vida a uma bicicleta para fazer uma metáfora com a própria vida: como pode um ser abandonado reaprender a amar?

A história começa com um cara que compra uma bicicleta e joga sua velha no lixo. Ao longo dos sete minutos do filme, a velha bicicleta fica na expectativa de um novo deus que a coloque de volta à ativa. Mas ela vive uma série de pesadelos e chega a desacreditar no próprio final feliz: cai da caçamba de uma picape, é empurrada ladeira abaixo sozinha e em seguida é vendida para um mercado de velharias.

“Eu não entendi o que motivou aquele homem a me comprar e a me pintar de uma cor horrível”, ela pensa logo antes de as coisas começarem a melhorar.

“Imagino que uma das coisas interessantes de se viver bastante é a chance de tornar seu passado o seu presente. Você poder sentir o mundo novamente, decidir quem você quer ser, sentir emoções, fazer loucuras, conhecer novas pessoas. Pode recomeçar.”

Quem nunca se identificou com os mesmos altos e baixos dessa magrela? Então aperte o play e veja como essa saga termina.

http://gooutside.uol.com.br/2579

Nenhum comentário: