segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Ciclo via Pampulha

Boa noite a todos!

Diante a irresponsabilidade da BHtrans em não atender aos pedidos das reuniões onde esta claro que esta entidade fala por si e, pouco se importando com as pessoas que compõe o grupo "GT Grupo de Trabalho - PEDALA BH", bem como os ciclistas e entidades quando abriram discussão para tentar resolver o melhor caminho para a ciclovia da Pampulha, ciclovia que vem trazendo vários transtornos e acidentes pra quem anda de bike naquele local.

Venho saber dos representantes da BHtrans Sra. Eveline e Mauro a informação dada ao jornal O TEMPO, onde lá foi colocado que os ciclistas de velocidade pediram a mão dupla na Lagoa da Pampulha?

Tal informação remete desrespeito, pra não dizer – dizendo: JOGO SUJO!!!

Pergunto para estas entidades e pessoas presentes nas três reuniões:
Onde está escrito que esta confirmação citada pela BHtrans  e colocada pelo Jornal O Tempo de que os ciclistas de velocidade quer mão dupla na Pampulha?

Augusto (Presidente BH em Ciclo, ciclista), Vinícius Mundim (integrante BH em Ciclo), Guilherme Lara (integrante BH em Ciclo e ciclista), Amanda (integrante BH em Ciclo), Marco Monteiro (ciclista),  Everton (ciclista, pedestre e morador da Pampulha), Max (ciclista, pedestre e morador da Pampulha), Demerson (LMC), Paulo Aquino (FMC), Adriano Ventura (Vereador), Fabio (Pro-Civitas) e outros lá presentes.

Descumpriu a discussão em andamento e desrespeitou-nos, dizendo tal fato, pois sabemos da importância da Pampulha para quem sempre pedalou tanto como esporte, desportistas, lazer e trabalho. Entender que várias formas viáveis foram dadas pensando nesta diversidade, mas foram descartadas pela BHtrans como já colocados pelo GT e colocado até mesmo pelo Sr. Mauro e Eveline da BHtrans que eles não tem poder de decisão.

Preocupante: um dos pontos se dá para os ciclistas com maior velocidade, pois estes estão correndo sérios riscos de vida, uma vez segregando a pista com os prismas de concreto como a BHtrans insiste em fazer. Entender, que ouvi participação dos representantes dos ciclistas  nas três reuniões do GT, mas claramente ignorados pela BHtrans que insiste com o projeto sem ouvir as opiniões. 
Lembrar que vários pontos foram levantados e discutidos, onde foi montado alguns itens para segurança tanto para quem anda em sentido horário e quem esteja em sentido ante horário na ciclovia da Pampulha não seguisse até que tudo não se resolvesse. E ai?! Falar agora que estamos de acordo com isso, demonstra o desrespeito total com todos lá presentes nas reuniões e que fomos passados pra traz, pois decisão concreta os representantes da BHtrans não podem nos dar, uma vez se tratando de fazerem valer o melhor para o bem dos ciclistas?! Mas fácil, e definido é a posição deles para distorcerem os fatos para se darem bem diante da imprensa, como sempre tem sido.

Em um contesto geral pode se dizer que os ciclistas de forma geral NÃO significa importância alguma para BHtrans, pois estão colocando nossas vidas e das tantas outras pessoas em risco. Inconsequentes, assim defino tudo isso!  
Obrigado pela atenção!
Rogerio Pacheco

Nenhum comentário: