quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Saiba como evitar lesões na prática do ciclismo

A escolha do equipamento correto é fundamental

O ciclismo é um dos esportes mais saudáveis no mundo, desde que praticado de maneira correta. Segundo a revista Forbes, em 2010 essa modalidade foi considerada a 7ª mais saudável, porque proporciona resistência cariorespiratória, força e resistência muscular, além de flexibilidade e gasto calórico. Porém, esse esporte também pode provocar danos ao corpo, como lombalgia que, se não for tratada, pode evoluir para uma hérnia de disco.


O fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC), explicou que para evitar dores e lesões em músculos associados ao ciclismo, a recomendação é regular corretamente o equipamento. Veja abaixo como.


Martins explica que outro problema muito comum nos joelhos são as tendinites. “O movimento de pedalar é feito principalmente pelo Quadríceps. Uma pedalada com técnica errada ou pedalada com muita carga extra (subidas, pedaladas travadas) vai sobrecarregar esta musculatura e pode causar lesões. É importante escolher o tamanho de quadro correto ao tamanho de cada pessoa. Observar as regulagens e os ajustes para o corpo. Outro conselho é evitar pedalar em marchas muito pesadas para não sobrecarregar os joelhos e realizar aquecimentos antes e alongamentos depois dos exercícios”, esclareceu.


Sedentários


Inseridos no grupo de risco, os sedentários devem ter cuidados redobrados na hora da prática esportiva. “Estas pessoas possuem uma grande fraqueza nos músculos. Estes músculos são os responsáveis por manter a coluna estabilizada e a postura sobre a bicicleta é fator determinante no surgimento de lesões cervicais e lombares, por isso a musculatura fortalecida é essencial. Em casos de hérnia de disco, o recomendado é tratar o paciente com muita fisioterapia e a técnica de RMA (Reconstrução Músculo Articular da Coluna Vertebral), que reúne também as mesas de tração e flexo-descompressão. A dica para a prevenção de qualquer dano, além do fortalecimento, é sempre se alongar antes e após o exercício, fazer abdominais, repouso adequado e, é claro, saber o próprio limite”, destaca Martins.


Escolha a bike certa


Antes de adotar a prática do ciclismo, a principal etapa é escolher a bike certa. O quadro da bicicleta, por exemplo, é medido pela altura da pélvis até o chão, multiplicada por 0.65.


O selim, ou banco, dever sempre ser paralelo ao chão, sem inclinação, para que o peso do corpo seja mais bem distribuído.


Se o ciclista sentir algum desconforto, a culpa ainda pode ser de uma postura incorreta.


Mesmo assim, ainda é sempre recomendado buscar auxílio de um profissional.

Nenhum comentário: