quinta-feira, 31 de outubro de 2013

MARATONA DE NOVA YORK


A primeira edição da Maratona de Nova York foi realizada em 1970 e contou com somente 127 participantes. O percurso, que era ao redor do Central Park, foi concluído apenas por 55 atletas. Passados mais de 30 anos, esses números foram alterados drasticamente. A Maratona de Nova York tem a participação de aproximadamente 45.000 corredores procedentes de 120 países. Além disso, a prova conta com mais de 2 milhões de pessoas que saem às ruas para acompanhar a competição e 315 milhões de telespectadores ao redor do mundo.
A corrida acontece sempre no 1° domingo de novembro, partindo do distrito de Staten Island, percorrendo todos os outros quatro (Brooklyn, Queens, Bronx e Manhattan), com chegada no famoso Central Park.
Entre os milhares de participantes, muitos vão apenas para se divertir.
É freqüente o uso de fantasias entre os corredores, cerimônias de casamento durante a corrida e outras loucuras.
Enfim, são coisas assim que fazem o charme da Maratona de Nova York.
A Maratona de Nova York é a mais popular do World Marathon Majors (WMM), o circuito das maiores maratonas do mundo, composto também pelas maratonas de Boston, Chicago, Berlim, Londres e agora Tóquio.
Como o número de interessados é sempre maior que o número de inscrições disponíveis, antes de se inscrever os maratonistas devem participar de uma loteria. Cerca de 124 mil pessoas participam deste sorteio on line e apenas 15 mil inscrições são concedidas. Se sorteado, você poderá garantir a sua inscrição.
MARATONA NOVA YORK

FESTAS E MUITAS FESTAS
Nova York ganha um brilho especial com os corredores ostentando roupas com as cores de seus países. Até a retirada do kit e seus voluntários sorridentes é divertida. Muitos staffs são os mesmos há anos e são corredores “velhinhos” que estão lá para ajudar de alguma maneira a maratona e seus maratonistas.
A Feira da Maratona é uma verdadeira Disneylândia para os corredores, com seus stands de provas ao redor do mundo e todos os principais fabricantes esportivos demonstrando e vendendo os seus principais lançamentos. E sem falar nos brindes distribuídos: barras de cereal, isotônicos, chaveiros, posters etc. Quem não adora?
Sair da feira e pegar o ônibus que leva os corredores para a loja de esportes Paragon é um programa tradicional e imperdível. Além de encontrar tudo para todos os esportes e tênis com excelentes preços, o que vale mesmo é o “lanchinho” servido aos maratonistas (uma maçã, uma banana, bagel, pizza, cachorro quente e água), com a vantagem de poder repetir quantas vezes desejar.
PARADA DAS NAÇÕES (EVENTO AINDA A SER CONFIRMADO PELO NYRR)
A Parada das Nações é o mais um novo evento que foi incorporado à Maratona de Nova York. Na sexta-feira, a partir das 17 horas, um grupo de corredores de cada país é escolhido para carregar as bandeiras de seus países, numa apresentação no Central Park, perto da linha de chegada. Muitos participam fantasiados, representando a cultura e o folclore de seus países. Na estreia do evento, no ano de 2011, o Brasil deu um verdadeiro show de animação.
Aproveite para tirar várias fotos do evento, com os demais corredores, do show e dos fogos!
DASH TO THE FINISH LINE
O novo evento que antecede à Maratona de Nova York é realizado no sábado, véspera da maratona. É o Dash to the Finish Line. São 5 km de prova, com largada na Primeira Avenida e chegada no Central Park, na linha de chegada da Maratona de Nova York. O evento é pago e qualquer um pode se inscrever. Inscrição no site oficial. Valor ainda não divulgado.
JANTAR DE MASSAS – PASTA PARTY
Ainda no sábado, a partir das 16 horas, o jantar de massas da prova é mais uma incrível demonstração de como tudo funciona por lá. Tendas montadas ao lado do luxuoso restaurante Tavern on the Green servem uma macarronada “bem honesta”. Os staffs, mais uma vez, demonstram sua simpatia ao servirem os 3 tipos de massas, salada, cerveja, isotônicos e sorvete para um batalhão estimado de 20 mil pessoas! Imperdível, ao menos, para ver toda organização.
O seu kit trará um ticket e você ainda poderá adquirir mais tickets para seus familiares e amigos. Vale como um passeio e para relaxar antes do Grande Dia. Leve a sua máquina fotográfica, tire muitas fotos com os corredores e curta o show de música. Às 19h30, o show de fogos lembra os maratonistas que já está na hora de retornar ao hotel para se prepararem para aquela que será uma noite de expectativas.

MARATONA NOVA YORK

DIA DA PROVA
Transporte oficial à largada: Ônibus oficiais saem da Biblioteca Pública de Nova York, em Midtown Manhattan. O NYRR recomenda explicitamente que os corredores usem o transporte oficial da maratona para garantir que você chegue pontualmente na largada da maratona. Todos os maratonistas registrados recebem uma etiqueta de transporte oficial colada em seu número de peito, que deve ser mostrada para embarcar. No dia da prova, mais um show de organização. É incrível observar como eles conseguem colocar aproximadamente 45 mil corredores confortavelmente sentados em diversos ônibus.

LARGADA
Na mais significativa mudança logística na corrida desde 2001, a prova passou a ter largadas em pelotão desde 2008. Essa mudança teve o objetivo de melhorar a qualidade geral da corrida para todos os corredores.
O objetivo do NYRR é dar a cada atleta a melhor experiência possível no dia da corrida. Como a corrida cresceu, a aglomeração de pessoas se tornou um problema – na largada, ao longo do percurso e na chegada. A largada em pelotão foi instituída para reduzir a aglomeração de pessoas e os tempos de espera.
Em vez de liberar uma largada em massa de aproximadamente 45 mil corredores de uma só vez, o campo é organizado em três largadas separadas (ou pelotões) liberados em intervalos de 30 minutos. Cada pelotão inclui aproximadamente 15 mil corredores.

MARATONA NOVA YORK
CONCENTRAÇÃO
A área da concentração também é muito interessante. Passear por aquela multidão de corredores faz a hora passar rápido. Você encontrará, à sua disposição, café, bagel (tradicional pão em formato de anel), isotônico, água, banheiros. E, se você desejar orar para pedir uma ajudinha, procure a “tenda igreja ou sinagoga”. Tudo cuidadosamente pensado.
Ouvir o hino antes da largada e ver os americanos com a mão ao peito é emocionante. Após o tiro de canhão, é dada a largada e a emoção toma conta de todos. Depois… Bem, depois “são muitas emoções”!
É interessante perceber que cada vez mais temos corredores escolhendo a Maratona de Nova York para sua estréia. Apesar do percurso difícil, o incentivo nas ruas não deixa você perceber suas subidas e descidas. Afinal, a Maratona de Nova York é uma festa.

PERCURSO
Através dos 5 distritos: Staten Island, Brooklyn, Queens, Bronx e Manhattan. A largada na “Verrazano-Narrows Bridge”, com uma vista de tirar o fôlego, é cenário da tradicional foto que estampa as divulgações da Maratona de Nova York: milhares de corredores concentrados e você pode estar lá!
Ao longo dos 42 km do percurso, mais de 2 milhões de expectadores saúdam efusivamente os corredores. Muitos deles distribuem água, frutas, doces, chicletes e até lencinhos de papel para enxugar o suor, tudo com o objetivo de ajudar, de alguma maneira, os corredores da maratona. A cidade pára, literalmente, para ver a maratona passar e é contagiante ver a alegria de todos. Você se sente o astro principal desta festa, como se todos lá estivessem apenas para “te ver passar”.
Diversos grupos musicais de rock, rap, salsa, música escocesa e capoeira animam a passagem dos corredores.
Os gritos de incentivos aos corredores – sobretudo o “Go, Brazil” – e a alegria das crianças com os braços esticados para que você toque suas pequenas mãos, ficarão para sempre na sua memória.
O povo nas ruas é incansável. Seja qual for o tempo que você conclua a prova, você verá muitas pessoas nas ruas ainda, aguardando a chegada dos corredores.
No Brooklyn, com suas desigualdades sociais e diferentes comunidades, você passará por grupos de latinos, afro-americanos e pela comunidade judaica. Após cruzar a segunda ponte, você passará pelo distrito de Queens, uma área industrial e de grandes armazéns, mas repleto de expectadores. Ao entrar pela primeira vez em Manhattan e avistar a multidão o aguardando na Primeira Avenida, é impossível conter a emoção. Os gritos de incentivo, principalmente se você estiver usando uma camisa com o nome do Brasil bem grande, são impressionantes.
Ao final da Primeira Avenida, você cruzará mais uma ponte e entrará no Bronx, o bairro negro tantas vezes noticiado e filmado. Ao deixá-lo, agora pela última ponte, mais uma vez você entrará em Manhattan e, finalmente, cruzará um Central Park recheado de sorrisos. São milhares de rostos felizes, torcendo por 40 mil pessoas desconhecidas, sem nenhum tipo de interesse. É o simples prazer de incentivar, de estar presente num desafio importante.
- Água – a cada milha, a partir da milha 3
- Gatorade – a partir da milha 4, a cada 2 milhas; a partir da milha 22, a cada milhas
- Relógios – a cada milha
- Marcação de quilômetros – a cada 5 km
- Tapete da cronometragem – na largada, a cada 5 km, milha 13,1 (meia maratona) e na chegada
- Power Gel – milha 18
- Esponjas – milha 17
- Banheiros Químicos – a cada milha, a partir da milha 3
- Tendas Médicas – a cada milha, a partir da milha 3
 Enquanto vive e treinei nos Estados Unidos,tive a oportunidade de correr a Maratona de Nova York,pois 4 ocasioes,tudo de bom....
MARATONA NOVA YORK
MARATONA NOVA YORK
 
 
 
Japao Carvalho

Nenhum comentário: