terça-feira, 3 de setembro de 2013

Nova norma enfoca segurança de componentes de bicicleta

Aro, Câmara de Ar, Conjunto de Freio, Cordoalha, Garfo, Garfo de Suspensão, Guidão, Niple, Pedal, Pedivela, Quadro, Raio e Suporte do Guidão.
Esta é a lista de componentes de bicicletas de uso adulto que passarão a necessitar da certificação a partir de 2014, conforme a portaria 656/12, do Inmetro. A medida não é válida para bicicletas infantis. O objetivo é garantir a segurança desses componentes. A certificação será exigida tanto para peças vendidas isoladamente quanto em subconjuntos ou integradas ao produto final bicicleta.

Uma das maiores preocupações dos fornecedores de bicipeças é com os prazos definidos pela Portaria. “Estamos alertando as empresas para que cumpram o cronograma de implantação, pois não haverá prorrogação das datas estabelecidas”, afirma Roberto Antunes, assessor técnico da ABRADIBI (Associação Brasileira da Indústria, Comércio, Importação e Exportação de Bicicletas, Peças e Acessórios).

A norma entra em vigor 18 meses após a sua publicação. Produtos importados com a data de embarque a partir de 17 de junho de 2014 já estarão obrigados a serem certificados. Para comercialização entre o mercado consumidor (lojas de peças), a data final de adequação é até 16 de dezembro de 2015.

A fim de que o mercado possa fazer os ajustes necessários à certificação, a ABRADIBI iniciou em agosto um programa de suporte para a avaliação da conformidade entre seus associados. Um workshop em São Paulo reuniu representantes de cerca de 20 empresas e deu início ao programa. “Todo o setor de bicipeças realizará um grande esforço para atender às exigências do Inmetro e assim contribuir para uma maior segurança do produto final”, explicou o assessor da ABRADIBI.
O selo da certificação deverá ser aposto no produto ou embalagem do produto, de forma nítida e visível. A fiscalização ficará aos cuidados do Ipem (Instituto de Pesos e Medidas).  
fonte: Fonte: EmFoco

Nenhum comentário: