quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Bikes antigas são transformadas em "bicimáquinas" para melhorar vidas em comunidades

A organização sem fins lucrativos Maya Pedal criou uma forma sustentável de realizar atividades que normalmente necessitariam de energia elétrica para serem executadas. A partir das bicimáquinas construídas com bikes antigas, geralmente doadas por países como Estados Unidos e Canadá, pessoas das comunidades da Guatemala melhoram suas vidas diariamente, informou o site Hypeness.
bike-um.jpg
As bicimáquinas têm utilização ampla. Algumas são criadas para tarefas como moer grão, descascar legumes, puxar água do fundo do poço e fazer liquidificador funcionar a partir da energia produzida durante a pedalada (com a bicicleta parada). Outras são desenvolvidas para servir como meio de transporte. Para se ter ideia é possível moer um quilo e meio de café em um minuto de pedalada, tempo também ideal para tirar cerca de 10 galões de água de um poço com 30 metros de profundidade.
bike-dois.jpg
A máquina é construída com o apoio de voluntários da Maya Pedal, que enxergam a ideia como uma inovação "preciosa" para comunidades sem acesso a água potável e a energia elétrica.
bike-tres.jpg
"Nós temos uma oficina composta por moradores locais e por voluntários de todo o mundo. Além das bicimáquinas, oferecemos um serviço de reparação de bicicletas e vendemos bikes usadas também. Trabalhamos junto a parceiros locais, cooperativas agrícolas e produtores orgânicos", explicam os idealizadores do projeto noportal da ONG.
bike-quatro.jpg
O site da Maya Pedal explica passo a passo sobre o projeto e dá a oportunidade de buscar voluntários. Ainda de acordo com a organização, o projeto está trabalhando para ser reconhecido globalmente e angariar apoiadores em todo o mundo.

Nenhum comentário: