segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Pedalar exige cuidados com a pele

Raphael Guerra - Diario de Pernambuco
Wagner Oliveira - Diario de Pernambuco
Publicação: 07/08/2013 10:58 Atualização: 07/08/2013 11:23

Segundo especialistas, o uso do protetor solar não basta para evitar as temidas queimaduras. Foto: Divulgação
Segundo especialistas, o uso do protetor solar não basta para evitar as temidas queimaduras. Foto: Divulgação
Quem anda pelas ruas do Grande Recife aos domingos e feriados já percebeu a “invasão” de bicicletas nas principais vias. Pedalar pelas ciclofaixas móveis virou uma atividade de rotina para centenas de pessoas, principalmente pela manhã e começo da tarde. Mas, muita gente ainda não se deu conta de que precisa ter cuidados com a pele durante a exposição ao sol na hora da pedalada. Segundo especialistas, o uso do protetor solar não basta para evitar as temidas queimaduras. É preciso mais que isso.

Os amigos André Aguiar e Aerson Zamboni, ambos de 29 anos, procuram evitar esse problema. “Quando vou pedalar de dia, costumo passar protetor solar no rosto e nas pernas, que são as partes que ficam mais expostas ao sol. Uso bandana na cabeça e camisa de manga longa com proteção UV (ultravioleta). Além disso, sempre mantenho a Camelbak ou garrafinha cheia de água para garantir minha hidratação”, contou Zamboni.

André, que começou a pedalar há cerca de dez meses e chega a praticar a atividade pelo menos três vezes por semana, também garante que toma os devidos cuidados com a pele. “Depois que comecei a pedalar, percebi que quando a gente anda de bike pela manhã, mesmo ainda num horário muito cedo, é preciso tomar alguns cuidados especiais para se proteger do sol forte. O ideal é utilizar sempre um protetor solar e ingerir bastante água para hidratar. Isso sem falar que é preciso usar roupas com proteção UV, óculos e luvas”, ponderou Aguiar. Os dois administradores fazem parte do grupo de pedalada Renegados.
Aerson Zamboni e André Aguiar (no centro da foto), ambos de 29 anos, tomam cuidados como o uso do protetor solar, camisas de manga longa e bandanas. Foto: Acervo Pessoal/Divulgação
Aerson Zamboni e André Aguiar (no centro da foto), ambos de 29 anos, tomam cuidados como o uso do protetor solar, camisas de manga longa e bandanas. Foto: Acervo Pessoal/Divulgação
O presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Pernambuco, Sérgio Palma, explicou que os filtros solares são apenas um dos itens necessários para proteger a pele da forte exposição ao sol. “O vestuário também precisa ser adequado. Camisas de tecidos tecnológicos são ideais, porque possuem fator de proteção ultravioleta. Agora, existem várias marcas. É preciso se certificar a mais apropriada. Bonés ou chapéus também são importantes para a proteção do rosto e da região capilar”, pontuou.

Os óculos escuros são outro item necessário, de acordo com o especialista. “Isso porque garante a proteção ao redor dos olhos.” Em dias nublados, é bom lembrar, também não se pode deixar de passar o protetor. Nesses dias, estima-se que 40 a 60% da radiação solar chega à Terra.

Horários

Os atletas e ciclistas precisam estar atentos ainda aos horários mais adequados para pedalar. Das 10h às 15h, há maior incidência dos raios ultravioletas – o que aumenta os riscos de queimaduras mais graves na pele, logo, não é um momento adequado à exposição. As primeiras horas do dia, ou no fim de tarde, são mais indicadas. Além de queimaduras, o contato com os raios solares pode causar desidratação, febre, desmaio, entre outros sintomas, que podem exigir, de imediato, a procura de um médico.

Protetor

Quanto à aplicação do protetor solar no corpo, Sérgio Palma alertou para dois pontos fundamentais. O primeiro, são as áreas que ficam descobertas, como as orelhas e as mãos. “Muitas vezes, as pessoas se esquecem de passar protetor nessas partes e acabam apresentando queimaduras”, explicou o dermatologista. O segundo lembrete é em relação à reaplicação do filtro solar a cada duas horas.

SAIBA MAIS

Cuidados com a pele

Grupos de maior risco:

- Aqueles com fototipo I e II: pele clara, sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros

- Aqueles que possuem antecedentes familiares com histórico de doenças na pele, queimaduras solares, incapacidade para bronzear e pintas

Medidas de proteção

- Uso de chapéus
- Camisetas de tecidos tecnológicos
- Protetores solares (aplicar 20 a 30 minutos antes da exposição ao sol)
- Reaplicar, a cada duas horas, o filtro solar
- O ideal é que o Fator de Proteção Solar (FPS) seja de, no mínimo, número 15.
- Evitar exposição ao sol entre 10h e 15h

Serviço:
Quer a indicação de um profissional especializado para cuidar da sua pele?
No site da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Regional Pernambuco (www.sbd-pe.org.br), há a lista, por município, de todos os médicos associados.

Clique aqui para conhecer mais riscos à saúde do ciclista.
Clique aqui para conhecer mais riscos à saúde do ciclista.
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/bikepe/2013/08/07/interna_bikepe,454708/pedalar-exige-cuidados-com-a-pele.shtml

Nenhum comentário: