terça-feira, 20 de agosto de 2013

Na Bolívia, aventureiros encaram de bicicleta a "rota da morte"

Muita gente que gosta de ciclismo vai até a Bolívia para se lançar em uma aventura extrema que começa no alto de "La Cumbre", região próxima a capital La Paz. A partir daí, a 4.600 metros de altitude, atletas e turistas de todo o mundo encaram de bicicleta a chamada "rota da morte", uma estrada sinuosa, estreita e com pouca proteção contra os desfiladeiros que a cercam.
No caminho, os aventureiros cruzam com montanhas nevadas e, ao atingir altitudes menores, com as colinas do Vale dos Yungas, região produtora de folhas de coca da Bolívia.
A "rota da morte" foi durante muito tempo o local onde mais ocorriam acidentes rodoviários no país (com uma média de 100 mortos por ano). Esse índice vem diminuindo, mas a estrada ainda é um desafio extreamente perigoso para quem decide atravessá-la.

Nenhum comentário: