segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Capacete alerta ciclistas a aproximação de carros e outras ameaças


Autor: Ciclovivo
Data: 8/8/2013
Um grupo de estudantes do College of the Art, em São Francisco, nos EUA, desenvolveu o Look System, um capacete que avisa os ciclistas quando um automóvel ou outra ameaça se aproxima da bike. O equipamento de segurança foi construído em parceria com a Intel e emite um sinal vibratório na direção do obstáculo, permitindo que o ciclista mude sua trajetória a tempo de evitar um acidente.
A falta de segurança para as pessoas que andam de bike na cidade californiana foi o principal motivo para a criação do capacete. Em São Francisco, o número de acidentes envolvendo ciclistas aumentou proporcionalmente ao uso das bikes na cidade, causando preocupação entre as autoridades de saúde e transporte. “Existe uma sensação ruim entre os ciclistas, de que viver com certo nível de perigo é aceitável”, explicou Laurel Deel, um dos estudantes responsáveis pelo Look System. Entre os criadores, está o brasileiro André Luiz Leal, que também estuda no College of the Art.
O equipamento se conecta com um dispositivo digital instalado no canote, que registra os dados do percurso feito em cima das bicicletas – assim, o Look System protege cada ciclista de forma isolada e também aponta os principais defeitos e potencialidades do plano urbanístico da cidade, identificando os pontos mais perigosos para quem anda de bike, a fim de aumentar a segurança nestas áreas. “É uma inovação que poderá revolucionar a forma como até agora se andava de bicicleta”, declararam os estudantes ao jornal norte-americano The Huffington Post.
Até agora, apenas um protótipo do Look System foi concluído, mas a equipe já adiantou que esforços serão necessários para aprimorar o equipamento. No entanto, nos testes de pista, o capacete apresentou bom desempenho, e as vibrações que alertam os obstáculos na via não incomodaram os ciclistas.
Até 2020, São Francisco tem a pretensão de aumentar o número de viagens de bicicletas em 20%. O problema é que um estudo recentemente elaborado pelas autoridades municipais de transporte aponta que a maioria das vias para bikes na cidade são direcionadas apenas aos ciclistas experientes.

Nenhum comentário: