quarta-feira, 17 de julho de 2013

Chris Froome: «O que Contador fez é perigoso»

ESPANHOL ATACOU NUMA DESCIDA
Chris Froome, camisa amarela da Volta a França em bicicleta, acusou hoje o espanhol Alberto Contador de estar "desesperado" e de ter corrido riscos desnecessários na descida para Gap.
"Os ataques de hoje do Contador e do Kreuziger davam-me a sensação de serem desesperados, de que tinham de apostar tudo, que tinham de correr riscos não calculados", disse o britânico da Sky. De acordo com o camisola amarela, os dois homens da Saxo-Tinkoff correram demasiados riscos na descida, tantos que Contador caiu mesmo à sua frente e foi obrigado a desviar-se.
"Não caí, mas tive de por um pé em terra um segundo. O que o Alberto fez é perigoso, não é bom", considerou, indicando ter ficado surpreendido pelos terceiro e quarto da geral preferirem atacar a descer do que a subir. Contador, que caiu e sofreu escoriações no joelho direito, lamentou o azar e justificou a queda com uma perda de equilíbrio provocada pelo asfalto derretido pelo calor.
O espanhol, vencedor do Tour 2007 e 2009, mostrou-se ainda descontente pela atitude de Nairo Quintana (Movistar), que acelerou quando, tanto ele como Chris Froome, estavam parados. "Caímos e eles aceleraram. Mas não tem mal, ainda faltam muitos dias", concluiu.
O colombiano da Movistar, que foi confrontado por Contador quando este regressou ao grupo dos favoritos, pediu desculpa no final da etapa, garantindo que não tinha tentado atacar. "Se chateei o Contador, lamento, mas não atacámos quando ele caiu. Eu continuei a descer ao meu ritmo para distanciar o Kwiatkowski na classificação da juventude e a todos os outros que ficaram para trás", explicou.

http://www.record.xl.pt/Modalidades/Ciclismo/interior.aspx?content_id=833555

Nenhum comentário: