quinta-feira, 2 de maio de 2013

Volta da França vê ciclismo modificado após Armstrong


AE-AP - Agência Estado 01 de maio de 201
O diretor da Volta da França, Christian Prudhomme, disse que o ciclismo profissional mudou consideravelmente desde a revelação do escândalo de doping de Lance Armstrong, mesmo que ele ainda tenha alguns problemas. Nesta quarta-feira, ele celebrou o acordo entre a União Ciclística Internacional (UCI) e a Agência Francesa de Luta contra o Doping para realizar exames na edição deste ano da Volta da França e garantiu que isso tornará ainda mais difícil as trapaças.
Prudhomme ressaltou que o escândalo de doping que levou Armstrong a perder os sete títulos da Volta da França está no passado. "(Armstrong) Não estava lá no ano passado, ele não estava lá no ano anterior", disse. "O ciclismo não é um mundo perfeito, mas mudou".
Para o dirigente, a Volta da França é vítima de avaliações equivocadas e preconceitos desde o escândalo de Armstrong, apesar dos esforços para limpar a imagem maculada do evento. "Eu gostaria de saber o que aconteceria em outros eventos esportivos se fossem tão rigorosos em termos de regras como a Volta da França".
Prudhomme disse que a Volta da França não está livre de casos de doping, mas garantiu que estão sendo feito progressos. "Não estamos garantindo nada, não é para me garantir isso (que será uma disputa limpa)", disse. "Mas o ciclismo mundial não é o patinho feio que estão apontando o dedo aí". 

http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,volta-da-franca-ve-ciclismo-modificado-apos-armstrong,1027406,0.htm

Nenhum comentário: