segunda-feira, 20 de maio de 2013

Excesso de bicicletas e imprudência causam transtornos no interior de SP

A cidade, de 40 mil habitantes, tem 15 mil carros e 20 mil bicicletas. Os ciclistas pedalam na calçada, tiram fino dos carros e avançam na contramão.
No interior de São Paulo, o meio de transporte que deveria ser solução acabou virando problema. A cidade de Pontalsofre com o excesso de bicicletas e a imprudência dos ciclistas.
A cidade é pequena, mas tem trânsito congestionado. E não são apenas os carros que preocupam os moradores. “Você tem que ter mais cuidado com as bicicletas na rua do que com os carros”, diz uma moradora.
A cidade, de 40 mil habitantes, tem 15 mil carros e 20 mil bicicletas. Na média, uma para cada dois moradores. Os ciclistas abusam: pedalam na calçada, tiram fino dos carros, avançam na contramão e ainda carregam crianças sem proteção.
As maiores vítimas das imprudências são os próprios ciclistas. “Tive um atropelamento de moto quando eu estava de bicicleta”, conta a dona de casa Roberta Maria.
Tem tanta bicicleta em Pontal que a prefeitura precisou colocar estacionamentos só para elas. Mas isso acabou virando outro problema: as bicicletas tomam conta das calçadas e os pedestres ficam sem espaço para andar.
Para acabar com a confusão, a prefeitura decidiu há dois anos exigir o emplacamento das bicicletas - como se fossem carros. Apenas seis mil se adequaram à lei.
Como não havia lugar para guardar todas as bikes apreendidas, a prefeitura recuou. A Polícia Militar também não sabe o que fazer. “Quem fará as autuações e a recolha essa lei municipal não definiu”, afirma o sargento Edson Arantes.
A prefeitura de Pontal informou que deve retomar ainda este ano o emplacamento das bicicletas.


video:
http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/05/excesso-de-bicicletas-e-imprudencia-causam-transtornos-no-interior-de-sp.html

Nenhum comentário: