segunda-feira, 27 de maio de 2013

Buenos Aires: educação para o trânsito pauta discussões sobre bicicletas

Ciclistas opinam sobre a relação entre carros e bicicletas em Buenos Aires Foto: Matheus Chiaratti / Divulgação

Capital da Argentina registrou 598 mortes de ciclistas em 2012; enquanto autoridades buscam soluções, ciclistas e motoristas vivem uma relação difícil

Em março, Federico Morris participava de uma manifestação contra a violência dos motoristas em Buenos Aires quando foi atropelado e arrastado por um taxista irritado com a interrupção no trânsito causada pelo protesto. O incidente ilustra a difícil relação entre carros e bicicletas na capital da Argentina. O que vem gerando debates sobre a regulamentação e a infraestrutura (ou a falta dela) necessária para a coexistência pacífica entre motoristas e ciclistas na cidade - uma realidade muito parecida com a de algumas metrópoles brasileiras, como São Paulo.
Em 2009, o governo da cidade de Buenos Aires implantou um projeto chamado "Melhor em Bici", através do qual criou 100 quilômetros de ciclovias, além de disponibilizar bicicletas grátis em pontos da cidade. Essa gratuidade está com os dias contados, já que a prefeitura acaba de fechar um acordo com uma empresa privada para administrar as "Bici Macri", como ficaram conhecidas.
Apesar de não existir nenhum tipo de regulamentação especialmente dirigida aos ciclistas, o “Melhor em Bici” formulou uma espécie de manual de instruções para o uso da bicicleta na cidade (confira na tabela).
continue lendo: 
http://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/buenos-aires-educacao-para-o-transito-pauta-discussoes-sobre-bicicletas,8b4a2febce7de310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Nenhum comentário: