terça-feira, 7 de maio de 2013

"Ando de bicicleta para acrescentar vida aos meus dias" (vídeo)

Cada vez mais açorianos adotam a bicicleta como meio de transporte, mesmo numa Região pouco 'amiga' dos ciclistas
Nos dados estatísticos do Censos 2011, apenas 7 pessoas em São Miguel afirmavam utilizar a bicicleta como meio de transporte. Mas se a timidez do número não inspira grandes considerações, a certeza  resultante desta reportagem é que são muito mais que sete as pessoas que fazem a sua vida em cima do selim e das duas rodas.
E há quem as use para as mais variadas razões. O militar Élio Rodrigues, por exemplo, não se atemoriza com a chuva e o vento que muitas vezes apanha quando faz o seu trajeto para o trabalho, desde o Campo Militar de São Gonçalo até ao Regimento de Guarnição nos Arrifes (ver caixa). Ou Maria Miguel, que vai ao médico, ao Mercado da Graça e a qualquer lado junto da sua fiel amiga.
“Sinto a cidade como se fosse a minha casa, conheço melhor as ruas e falo com as pessoas que encontro no caminho”, diz Maria Miguel, que há quatro anos adotou a bicicleta como seu veículo preferido para as suas deslocações urbanas.
Na maior cidade dos Açores, a área coberta pelas ciclo pistas ou vias reservadas a bicicletas ainda é diminuta: 2665 metros, entre as áreas compreendidas nas Avenidas do Mar I e II e nas Portas do Mar. E não só tem poucas vias para bicicletas, como também carece de infraestruturas de apoio, como locais de estacionamento. Algo que, para David Morais, faz imensa falta.
O símbolo maior do ciclismo açoriano também é um dos adeptos de levar a bicicleta para o trabalho. David Morais desde cedo lembra-se de viajar em cima das duas rodas: “lembro-me que quando estudava, no Faial, ia de bicicleta para as aulas. E nessa altura já corria uma distância de 9 quilómetros”.
Quando trocou a ilha azul por São Miguel, David também trocou alguns hábitos. Por exemplo, vendeu um dos dois carros que tinha, “pois passei a vir de bicicleta para o trabalho”.

Veja vídeo:
http://www.acorianooriental.pt/noticia/ando-de-bicicleta-para-acrescentar-vida-aos-meus-dias

Nenhum comentário: