terça-feira, 30 de abril de 2013

Por patrocínios, Lance Armstrong sofre processo

REDAÇÃO

Da Máquina do Esporte, São Paulo - SP
Em 25/04/13 as 19:50
O ex-ciclista Lance Armstrong pode ter que devolver até US$ 150 milhões (pouco mais de R$ 300 milhões) para o governo norte-americano. Armstrong sofreu um processo por fraudar o Serviço Postal norte-americano ao receber milionárias verbas de patrocínio ao mesmo tempo em que fazia uso de doping.

O Departamento de Justiça disse em fevereiro que participaria da ação contra o Armstrong aberta em 2010 pelo ex-colega que o denunciou, Floyd Landis. Os documentos entregues na terça-feira formalizam isso.

O ex-atleta e seus colegas da equipe Tailwind Sports receberam US$ 40 milhões (pouco mais de R$ 80 milhões) do Serviço Postal entre 1998 e 2004, segundo a ação. O salário de Armstrong na época, excluindo bônus, era de US$ 17,9 milhões (R$ 35,9 milhões), diz o governo, que o acusa de violação de contrato, enriquecimento ilícito e fraude.

Embora inicialmente negasse o uso de doping, Armstrong foi banido do ciclismo em 2012 e teve todas as suas conquistas esportivas cassadas, incluindo as sete vitórias na Volta da França. Em janeiro, em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, ele confessou ter usado substâncias ilegais.

Devido a isso, a UCI tirou os sete títulos do Tour que ele havia vencido e fez com que ele fosse afastado para sempre de competições. Já o Comité Olímpico Internacional (COI), exigiu que ele devolvesse a medalha de bronze que Armstrong conquistou durante os Jogos de Sydney em 2000.
http://www.maquinadoesporte.com.br/i/noticias/atletas/29/29516/Por-patrocinios-Lance-Armstrong-sofre-processo/index.php

Nenhum comentário: