quinta-feira, 25 de abril de 2013

Casal da Polônia chega a Aquidauana após pedalar 30 mil quilômetros


Eles foram recepcionados por moradores locais que os acompanharam também de bicicleta até o centro da cidade

Depois de percorrer quase 30 mil quilômetros de bicicleta e passar por 19 países, os poloneses Adela Tarkowska, 30 anos, e Kris Jozefowski, 32 anos, entraram no município de Aquidauana na tarde desta quinta-feira, 18, pela rodovia Cera-Aquidauana. Eles foram recepcionados por moradores locais que os acompanharam também de bicicleta até o centro da cidade.

Em um bate papo descontraído com o Site O Pantaneiro, os poloneses contaram um pouco da história de vida que os fizeram deixar seus familiares, amigos e bens materiais para dar a volta ao mundo de bicicleta, há cerca de três anos atrás.

Segundo eles, o ponto de partida foi a cidade de Istambul, na Turquia. Em seguida visitaram países do Oriente Médio, África e por avião, chegaram a América do Sul, onde pousaram na Argentina. De lá, seguiram para o Chile, Paraguai e entraram no Brasil pela cidade de Foz do Iguaçú (PR). Das cidades percorridas pelo Brasil estão Curitiba, Santos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Campo Grande e enfim, Aquidauana.

O objetivo da viagem é conhecer pessoas e lugares com diferentes culturas, baseado na simplicidade, sem hospedagem em hotéis e sem comer em restaurantes, sempre contando com a hospitalidade dos moradores. Em suas biclicletas apenas os itens básicos como barraca, colchonetes, roupas e utensílios de cozinha, caso necessário.

Em Aquidauana, os namorados Adela e Kris estão hospedados na residência do ex-gerente da Caixa Econômica Federal Ramão e sua esposa Dê. Eles reuniram os amigos para conhecerem os aventureiros e para lhes apresentar o típico churrasco pantaneiro.

Entre as programações do casal para esta sexta-feira estão as comemorações alusivas ao Dia do Índio que serão realizadas nas aldeias municipais. A despedida deve ser na madrugada de sábado, 20, e o destino a cidade de Bonito (MS) e outras cidades do Pantanal. A última cidade do Brasil a ser visitada deve ser Corumbá, onde os ciclistas seguirão para a Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Panamá.
Fonte: redação / fotos: Rhobson T. Lima

Nenhum comentário: