terça-feira, 19 de março de 2013

Pra pedalar com charme e estilo



Notícia publicada na edição de 15/03/2013 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 006 do caderno Ela - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.


Mariela Almeida

Deixar o carro em casa para fugir do trânsito ou optar por uma locomoção mais saudável são algumas das motivações que tem feito pessoas aderirem à bicicleta como meio de transporte nas grandes cidades. Mas quem disse que para usar a magrela temos que abrir mão de nossos trajes habituais? A verdade é que mesmo estando em cima de uma bike, é possível compor um "look" bacana, sem perder o estilo. A estilista Georgia Halal, incluiu a bicicleta aos poucos em seu dia a dia, há cerca de um ano. "Desde que mudei para cá (São Paulo), não me adaptei ao trânsito maluco da cidade e optei por não utilizar mais o carro. Então, a bike surgiu como uma alternativa de meio de transporte para tarefas básicas. Ir ao supermercado e padaria ficou muito mais divertido, além é claro, de um ótimo exercício para manter a forma." A partir daí, a estilista resolveu criar uma coleção de roupas específicas para utilizar a bike como meio de transporte. Segundo ela, a bicicleta pode sim ser um acessório fashion. "A coleção surgiu da necessidade de incluir a bike como um meio de transporte diário, não como um esporte ou lazer de final de semana". Apesar de no Brasil utilizar a bike ainda esteja associado a usar roupas de fitness, Georgia acredita que é possível incluir a prática sem perder a feminilidade e o estilo, sem grandes alterações no guarda-roupa. "Você pode usar roupas "normais" do seu dia a dia, como saia e vestidos. Nesse caso, você deve prestar atenção ao caimento das roupas, que não devem ser justas nem muito curtas. E se mesmo assim, sentir insegurança de usar uma saia ao pedalar, aí então, você pode usar um short de ciclista, mas por baixo da roupa. Para pedaladas mais curtas e leves, você pode inclusive usar salto alto. Opte por saltos mais largos que encaixam melhor no pedal, esqueça sandálias com tiras e saltos finos", ensina. Para pedalar com segurança, é possível ainda usar o capacete e ter um visual feminino, prendendo o cabelo com algum tipo de trança. Dá até para usar maquiagem com alguma proteção solar e ainda rímel à prova d"agua. Mas nada muito pesado, ensina a estilista.
Para os homens, pedalar com estilo parece mais fácil. Uma calça bacana e uma camisa, uma bermuda estilosa e uma camiseta, e dependendo do clima, até jaquetas e ternos podem ser inclusos no visual. E aí, ficou animado? Que tal aproveitar os 70 quilômetros de ciclovia de nossa cidade e sair pedalando cheios de estilo?
Movimento Cycle Chic
O movimento nasceu em Copenhague, cidade propícia para o uso do veículo, onde a sociedade brigou por mais espaço e mais respeito aos ciclistas. Hoje, 55% da população usa a bicicleta para ir ao trabalho. O movimento está aos poucos pousando com muita força em terras brasileiras. Capitais como Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Vitória já aderiram ao movimento.

Nenhum comentário: