quarta-feira, 27 de março de 2013

ANGEL é uma bicicleta elétrica, um objeto de design e amiga do ambiente


Marcadores:  ,  ,  , 
ANGEL é a primeira bicicleta elétrica portuguesa amiga do ambiente. Nuno Zamaro, ex-jogador de futebol, decidiu aproveitar os desperdícios da indústria da madeira e apostar num conceito diferente.
Art Now Give Energy to Live (ANGEL), é o primeiro protótipo de uma bicicleta elétrica que resultou de uma visita de Nuno à Alemanha. "Vimos um conceito completamente diferente e começamos a pensar numa bicicleta totalmente portuguesa e que pudesse ser produzida cá", conta Nuno Zamaro ao JPN.
ANGEL foi desenhada pela agência WISE U, liderada por Nuno, e está a ser preparada para ser produzida em série. A bicicleta vai ainda receber versões em cortiça e com motor elétrico e vai rondar os 400 euros.
O projeto baseia-se na filosofia IKEA: trata-se de uma bicicleta montável e desmontável. O ex-futebolista explica que "há pessoas que não querem trazer bicicletas em cima do carro", preferem "escondê-las na mala e levá-las onde quiserem". Assim, estão a ser produzidas pequenas caixas para as pessoas poderem transportar as bicicletas "para todo o lado, com classe".
Alguns dos materiais utilizados no fabrico da bicicleta são reaproveitados. No entanto, Nuno afirma que o objetivo é ter "até ao final do ano uma bicicleta 99% reciclável". Até ao momento só o ferro, o alumínio e a madeira são reutilizados.

Projetos Sociais

Em 2007, Nuno já desenvolvera uma bicicleta para a Fundação Vítor Baía, vendida por 200 mil euros. Para além disso, apoiou o IPO do Porto com monitores de sobrevivência e criou também um veículo para a família Real Espanhola. O ex-futebolista sublinha, no entanto, que todo o dinheiro que ganha com a venda das bicicletas, é investido em novos projetos e instituições sociais.

"São duas chapas? Não, elas têm formas. Os estrangeiros dizem que são bacalhaus"

A ANGEL é também um objeto de design. "Há pessoas que têm casas pequenas e que nunca compraram uma bicicleta porque não têm onde a arrumar". Criar um objeto que pode ser utilizado, e ao mesmo tempo, servir como peça de decoração é uma das principais características do veículo.
Nuno vai desenvolver também a bike.lao, uma bicicleta que representa um pouco da história da família - bem como as suas ligações ao mar e ao bacalhau. "Nós éramos empreendedores e continuamos a ser, mas o bacalhau era um modo para corrermos meio mundo para trazer uma coisa que só nos é que gostávamos de comer", conta. Como tal, a ideia é a nova bicicleta ser relembrada como um produto tipicamente português.


Nenhum comentário: