quinta-feira, 28 de março de 2013

Lamborghini lança bicicleta de luxo

Bicicleta de luxo lançada pela Lamborghini e pela BMC Suíça
São Paulo - A Lamborghini decidiu comemorar seus 50 anos de forma inusitada. Nada de um novo roadster poderoso. A marca esportiva decidiu se unir à BMC Suíça para lançar uma bicicleta especial. Com o conjunto de componentes italianos em sua armação, o modelo esportivo é feito com fibra de carbono encontrado no Lamborghini Aventador e conta ainda com o mesmo couro usado no cockpit interior do carro no guidão e no selim. Mas se você quiser um desses para se manter em forma vai ter que pedalar! Afinal, apenas 50 peças foram construídas.
Veja mais fotos: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/carros-cia/album-de-fotos/lamborghini-lanca-bicicleta-de-luxo

Vídeo - MTB



O laser de potência ciclovia virtual que poderia salvar a vida de ciclistas à noite


veja mais: http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2296903/The-laser-powered-virtual-bike-lane-save-lives-cyclists-night.html

Descarregamento, Bike e Flagra

Floripa: Futura Cidade das Bicicletas


Passeio Ciclístico do dia 23 de março com lançamento do edital do Floribike

A prefeitura de Florianópolis garantiu que “todas as obras viárias executadas pela atual administração serão pensadas e projetadas para o uso da bicicleta”. A afirmação foi durante o lançamento oficial da licitação para execução do Projeto Floribike.

Projeto Floribike prevê, na sua primeira etapa, 68 pontos de aluguel, 111 estações, 1.328 suportes e a disponibilização de 664 bicicletas em seis bairros: Centro, Agronômica, Trindade, Santa Mônica, Itacorubi e Córrego Grande, com estações ao longo dos trajetos

ViaCiclo tem acompanhado e contribuído decisivamente, para mais um marco da mobilidade urbana por bicicletas na cidade de Floripa.

Mais sobre o assunto:

Notícias do Dia, publicado dia 25 de março de 2013
Houve a participação de vários Grupos de Bikers (como pode ser visto na foto Show de Bike abaixo). Para maiores informações, veja a publicação do site Bicicleta na Rua,Clicando neste link.

http://www.pedalafloripa.com/2013/03/futura-cidade-das-bicicletas.html

Venham pedalar nos sábados na Pampulha!


quarta-feira, 27 de março de 2013

Fausto Coppi "Maglia Rosa 1952"



Giro d'Italia 2013: confira o vídeo de apresentação do percurso


Mais de 3.400 km com os melhores ciclistas do mundo. Confira o percurso do Giro 2013.
 De Nápoles para Brescia, estas são as 21 etapas da Volta à Itália (2013 maio 04-26): 1.Nápoles-Nápoles 2. Ischia-Forio (TTT / Team Time Trial) 3.Sorrento-Marina di Ascea 4. Policastro Bussentino-Serra San Bruno 5. Cosenza-Matera 6. Mola di Bari-Margherita de Sabóia7. San Salvo Pescara- 8. Cattolica-Saltara (ITT / Individual Time Trial) 9. Sansepolcro a Florença 10. Cordenons-Plateau Montasio 11. Tarvisio (Cave del Predil)-Vajont 1963/2013 (Erto e Casso) 12. Spar-Treviso 13. Busseto-Cherasco 14. Cervere-Bardonecchia 15. Cesana Torinese-Col du Galibier (Valloire)16. Valloire-Ivrea 17. Caravaggio Vicenza- 18. Mori-Polsa (ITT contra-relógio individual) 19. Ponte di Legno-Martell / Martelltat20. Silandro / Schalanders-Três Picos (Auronzo di Cadore) 21.Riese Pio X-Brescia

Doping - Armstrong tinha poder a mais, diz ciclista


Armstrong tinha poder a mais, diz ciclista
19:38 - 25 de Março de 2013 | Por O Jogo
Esta é a ideia deixada por Tyler Hamilton, ex-companheiro de Armstrong e um dos mais empenhados em desmascará-lo.
Tyler Hamilton foi companheiro de Lance Armstrong e um dos rostos que denunciaram o esquema de doping em volta do compatriota. A SportTV News exibe a partir desta segunda-feira uma série com três reportagens especiais sobre o maior escândalo de sempre na modalidade.
"Guardávamos o sangue para as grandes corridas. Para ser honesto, Lance, durante algum momento da carreira dele, era mais poderoso do que a entidade que governa o desporto. Nenhum atleta deveria ter esse poder em qualquer desporto", declarou afirmou Hamilton
http://www.noticiasaominuto.com/desporto/57342/armstrong-tinha-poder-a-mais-diz-ciclista#.UVL4jxc3uos

Projeto Carma / Portugal - Carro feito com peças de automóvel

Veja vídeo:
http://projectocarma.com/
De um carro saído do ferro velho foi construído uma bicicleta. 
Esta bicicleta foi criada para que todos pedalem e ajudem a rodar os 159.761 km que o carro antigo (Mercedes) da qual ela foi feita percorreu.

Equipe SaxoBank-Tinkoff / comemoração dos 100 anos do Tour de France


Saxo Teaser Projeto Ciclismo em colaboração com o Team Saxo tinkoff lança hoje (27/03) uma série de 10 vídeos mostrando o trabalho da equipe e dos seus ciclistas.
 Cada filme é realizado por piloto selecionados e perfis da equipe: 

1. Matti Breschel
2. Daniele Bennati
3. Roman Kreuziger
4. Takashi Miyazawa
5. Hannah Alexandra Grant
6. Michael Rogers
7. Nicolas Roche
8. Faustino Munoz Cambron
9. Alberto Contador
10. Team

ANGEL é uma bicicleta elétrica, um objeto de design e amiga do ambiente


Marcadores:  ,  ,  , 
ANGEL é a primeira bicicleta elétrica portuguesa amiga do ambiente. Nuno Zamaro, ex-jogador de futebol, decidiu aproveitar os desperdícios da indústria da madeira e apostar num conceito diferente.
Art Now Give Energy to Live (ANGEL), é o primeiro protótipo de uma bicicleta elétrica que resultou de uma visita de Nuno à Alemanha. "Vimos um conceito completamente diferente e começamos a pensar numa bicicleta totalmente portuguesa e que pudesse ser produzida cá", conta Nuno Zamaro ao JPN.
ANGEL foi desenhada pela agência WISE U, liderada por Nuno, e está a ser preparada para ser produzida em série. A bicicleta vai ainda receber versões em cortiça e com motor elétrico e vai rondar os 400 euros.
O projeto baseia-se na filosofia IKEA: trata-se de uma bicicleta montável e desmontável. O ex-futebolista explica que "há pessoas que não querem trazer bicicletas em cima do carro", preferem "escondê-las na mala e levá-las onde quiserem". Assim, estão a ser produzidas pequenas caixas para as pessoas poderem transportar as bicicletas "para todo o lado, com classe".
Alguns dos materiais utilizados no fabrico da bicicleta são reaproveitados. No entanto, Nuno afirma que o objetivo é ter "até ao final do ano uma bicicleta 99% reciclável". Até ao momento só o ferro, o alumínio e a madeira são reutilizados.

Projetos Sociais

Em 2007, Nuno já desenvolvera uma bicicleta para a Fundação Vítor Baía, vendida por 200 mil euros. Para além disso, apoiou o IPO do Porto com monitores de sobrevivência e criou também um veículo para a família Real Espanhola. O ex-futebolista sublinha, no entanto, que todo o dinheiro que ganha com a venda das bicicletas, é investido em novos projetos e instituições sociais.

"São duas chapas? Não, elas têm formas. Os estrangeiros dizem que são bacalhaus"

A ANGEL é também um objeto de design. "Há pessoas que têm casas pequenas e que nunca compraram uma bicicleta porque não têm onde a arrumar". Criar um objeto que pode ser utilizado, e ao mesmo tempo, servir como peça de decoração é uma das principais características do veículo.
Nuno vai desenvolver também a bike.lao, uma bicicleta que representa um pouco da história da família - bem como as suas ligações ao mar e ao bacalhau. "Nós éramos empreendedores e continuamos a ser, mas o bacalhau era um modo para corrermos meio mundo para trazer uma coisa que só nos é que gostávamos de comer", conta. Como tal, a ideia é a nova bicicleta ser relembrada como um produto tipicamente português.


Artista cria bicicleta 'respiratória' para escapar da poluição em Pequim

Matt Hope pedala pelas ruas de Pequim nesta terça-feira (26) (Foto: Petar Kujundzic/Reuters)


Inglês Matt Hope instalou sistema de filtragem caseiro para pedalar.
Invenção inclui gerador de energia, lixeira, capacete e máscara de aviação


Leia a matéria: http://g1.globo.com/natureza/noticia/2013/03/artista-ingles-cria-bicleta-respiratoria-para-escapar-da-poluicao-em-pequim.html

Ciclista Maximilian Schwarzkopf surfando nas ondas sob uma ponte em Munique

Winter Eisbach on Pinkbike
http://www.pinkbike.com/news/Fat-Biking-and-Surfing-in-Munich-video-2013.html

terça-feira, 26 de março de 2013

Informativo Pic Pedal


No último sábado, dia 23/03/2013 aconteceu um pedal em comemoração ao níver do nosso querido biker Joaquim Milagres, que foi ontem, dia 24/03/2013. 
A bela trilha traçada pelo companheiro Zé Luiz em Casa Branca surpreendeu pelo prazer e paisagens.  Parabéns Joaquim. Que Deus o ilumine sempre e à Paty.  álbum
Israel Tomaz 
... e mais 62 fotos.
Ver álbum



Isabella Lacerda é Vice Campeã da 1ª etapa da Copa Internacional de MTB


Atleta conquista mais um expressivo resultado

Cerca de mil ciclistas de todo o Brasil, se reuniram em Araxá, Minas Gerais, nesse último final
de semana, 22 a 24 de março, para disputar um lugar no pódio da Copa Internacional de MTB.
As disputas começaram no sábado, 23, com o Sprint Eliminator, onde só os atletas profissionais
participaram. A atleta Isabella Lacerda da Equipe LM/ Shimano, fez o 3º melhor tempo na
classificatória que aconteceu sexta-feira, 22, e conquistou a quarta colocação na final que
aconteceu sábado, 23, pela manhã.

Domingo, 24 de março, foi a vez do Cross Country que com a chuva que caiu durante toda a
noite deixou o circuito ainda mais técnico e escorregadio. A CIMTB é uma das mais importantes
provas do país e foi simplesmente emocionante.

Isabella Lacerda fez uma forte largada e com menos de 2 km de prova liderava com folga de
suas adversárias. Isabella manteve a liderança por 3 voltas, imprimindo muita força em sua Bike
High One Winner 29er com peças SHIMANO XTR, seguida de perto das atletas Alexandra
Serrano do Equador e de Érika Gramiscelli. Na quarta volta Isabella sentiu um pouco o ritmo e
foi superada por Erika, conquistando a brilhante 2ª colocação geral na Elite Feminina. Isabella
mostrou que é, realmente, uma grande revelação do MTB nacional e que, certamente, dará
muitas alegrias à sua Equipe e à Seleção Brasileira de MTB, da qual ela fará parte e participará
do Campeonato Pan Americano de MTB XCO dia 06/04, na Argentina.

“Estou muito feliz com meu resultado e desempenho durante a prova. Fiz muita força a prova
inteira, andando a 100%. Quero agradecer muito à Deus, à minha família, todas as pessoas que
me incetivaram, meu treinador Cadu Polazzo pelo trabalho incrível, aos meus patrocinadores
LM/Shimano que me dão todo suporte e estrutura para que esse resultado fosse possível.”

Atleta conta com os patrocínios:

LM Bikes / SHIMANO (São Caetano do Sul / GEAX / RST / High One / UNIMED Divinópolis
/ PENKS / Pedal.com.br / ADC) / Sunbelt

# Number One - Inglês completo

Preparação Física – Cadu Polazzo (BR Esportes)

Campanha para inclusão do ciclismo no JEMG


Marcos Veloso pede apoio do Deputado Dilzon Melo



            O ciclista varginhense Marcos Veloso continua sua campanha em prol da inclusão do ciclismo nos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). Hoje, 25, ele conseguiu conversar pessoalmente com o Deputado Dilzon Melo e pedir seu apoio junto à Secretaria Estadual de Esportes.

O encontro ocorreu durante a Audiência de Prestação de Contas da Assembleia de Minas na Região Sul realizada no Centro Universitário UNIS – Varginha, que contou com a presença do Presidente da ALMG, Deputado Dinis Pinheiro, vários deputados e autoridades da região.

            Na oportunidade, Marcos entregou uma cópia da carta enviada ao Secretário Eros Biondini, explicou a carência de incentivo para o ciclismo mineiro, enfatizando que Minas é o único estado que não possui representantes nas competições da modalidade nas Olimpíadas Escolares.

            O Deputado foi muito atencioso com o varginhense e prometeu entrar em contato com a SEEJ em busca de mais informações, para tentar viabilizar a inclusão.

           

Andar de bicicleta como um exercício de perda de peso


Embora a maioria exercício parece monótono, andar de bicicleta pode ser extremamente diversificada. Você pode desfrutar do ar livre enquanto estiver a tomar rotas diferentes de sua casa o tempo todo. Além disso, você pode carregar a sua moto em um carro e começar o seu passeio em qualquer lugar. Além disso, como andar de bicicleta é uma atividade aeróbica, que utiliza calorias consideráveis, fazendo andar de bicicleta uma boa escolha para o seu programa de perda de peso.

Gasto calórico

Bicicleta usa diferentes quantidades de calorias, dependendo do quão duro você está exercendo-se. O Colégio Americano de Medicina Esportiva do Manual de Recursos para Diretrizes para Teste de Exercício e Prescrição lista os equivalentes metabólicos para andar de bicicleta em várias velocidades. Uma pessoa de 150 quilos que cavalga menos de 10 quilômetros por hora no pavimento usaria 286 calorias por hora. A mesma pessoa usaria 428 calorias, se ele montou 12-13,9 quilômetros por hora, 571 calorias, se ele montou 14-15,9 quilômetros por hora, e 714 calorias, se ele montou 16-17,9 quilômetros por hora durante uma hora. Você pode usar um pouco mais calorias se o peso mais de 150 quilos e menos calorias, se você peso inferior a 150 quilos.

Exercício de programação

Ou começar a andar lentamente para aquecimento ou andar devagar e alongamento antes de começar a andar de bicicleta. Comece o seu programa de exercícios com um 10 - a 20 minutos de viagem. Ao que parece relativamente fácil, você pode aumentar seu tempo andando por 10 minutos. Andar de bicicleta a cada dois ou três dias até que esteja confortável nele, então você pode andar com mais freqüência. Lembre-se de esfriar por andar devagar ou andando depois.

Avisos

Nunca deixe um passeio de bicicleta sem levar comida e água. Aplicações Práticas em nutrição esportiva, por Heather Fink, Burgoon Lisa e Mikesky Alan, recomenda beber água antes, durante e depois do exercício para evitar a desidratação. Isto é especialmente importante se for muito quente do lado de fora. Embora seu objetivo é usar calorias para perder peso, se você está de bicicleta por um longo tempo, pode ser necessário para comer um lanche para que seus músculos têm fácil acesso a combustível para a energia. Também é uma boa idéia para montar com um parceiro ou carregar um telefone celular, caso você esteja ferido ou você tem um pneu furado.

Preparação

Sempre planeje sua rota antes de começar a montar. Olhar para um mapa, se você não estiver familiarizado com a área para que você não se perder. Você pode também conduzir a primeira rota para ver quantos quilômetros ele é antes de iniciar o seu passeio de bicicleta. Certifique-se de que você tem o tipo certo de bicicleta para sua viagem. Se você está andando na calçada, você deve usar pneus estreitos com piso mínimo porque vai ser mais fácil de pedalar. No entanto, se você andar em estradas de terra ou trilhas, você terá pneus mais largos que têm banda de rodagem, grande knobby para uma melhor tracção.

Considerações

A desvantagem de andar de bicicleta como um exercício de perda de peso é que o tempo controla as suas sessões de exercício. Ventos fortes ou fazer pedalar muito difícil, e pode ser miserável para andar na neve e chuva. Durante estas circunstâncias, pode ser preferível utilizar uma bicicleta ergométrica dentro de casa ou comprar um conversor de bicicleta de modo que você pode usar a bicicleta como uma bicicleta estacionária, para que o seu programa de perda de peso normal não é interrompida.

http://centrodeartigos.com/saude-e-dieta/artigo-10781.html

Empresa cria projeto de capacete de ciclismo que funciona como caixa-preta


De material mais resistente, o equipamento teria câmeras ao seu redor para mostrar detalhes de possíveis acidentes

Da Redação
   Reprodução
Frequentemente nos deparamos com notícias sobre acidentes graves envolvendo ciclistas, especialmente nos grandes centros urbanos. Com o crescente número de pessoas que preferem as bicicletas como meio de transporte, empresas começam a se preocupar com o desenvolvimento de soluções em segurança para esses usuários.

O mais novo exemplo vem da Chaotic Moon, uma empresa californiana especializada em aplicativos móveis, que criou o Helmet of Justice (capacete da justiça). Ele é um projeto de capacete que funciona como uma caixa-preta. Equipado com sete câmeras apontadas em todas as direções, o acessório é capaz de gravar tudo que está acontecendo a sua volta.

O capacete, assim como a caixa-preta de um avião, é feito com materiais mais resistentes ao impacto, além de conseguir registrar até duas horas de vídeo, o que ajudaria a esclarecer os motivos de qualquer acidente. Estima-se que o capacete custe em torno de R$ 600. Por enquanto, porém, a empresa tenta licenciar o projeto com algumas marcas especializadas

22 bicicletas incríveis para pedalar com muito estilo


Por Stephanie Celentano Fotos Divulgação

Andar de bike é uma das atividades mais gostosas e relaxantes que existem. E o melhor é que enquanto aquele ventinho bate no rosto e a paisagem vai mudando, você ainda dá adeus aos excessos. Para turbinar seu passeio sobre duas rodas, nada melhor do que apostar em modelos cheios de personalidade, com cores vibrantes e design diferenciado. Escolha sua preferida e entre no mundo das pedaladas em ótima companhia:

VEJA AS FOTOS: http://boaforma.abril.com.br/fitness/todos-os-treinos-bicicleta/bikes-divertidas-736413.shtml

O vídeo mostra o processo de fabricação da bicicleta feita a partir de carros



O vídeo mostra o processo de fabricação da bicicleta feita a partir de carros (Lola Hace/Divulgação)
Os publicitários da agência espanhola Lola Madrid acabam de criar a divisão Lola Hace, focada no projeto e na execução de produtos que, segundo eles, “facilitam a vida das pessoas”. O primeiro produto a sair dessa fornada criativa será uma bicicleta, produzida a partir de peças coletadas em desmanches de carros. Mas por que uma agência de publicidade se meteria a fabricar bicicletas?
O objetivo da Lola Hace é inserir em seus produtos uma visão peculiar, além de atribuir um valor emocional. Essa estratégia é considerada muito mais eficaz do que tornar determinado produto desejável de forma racional, elencando, por exemplo, os benefícios. A ideia está presente no vídeo de divulgação da Bicycled, nome dado à magrela feita a partir de peças de carros.

Ciclovia / Belo Horizonte

Jornal da Alterosa

Reprodução TV Alterosa


19 de março de 2013- Belo Horizonte tem hoje 50 quilômetros de ciclovias. Até o final do ano esse número deve dobrar e chegar a 380 km em sete anos. Mas quem anda pela cidade vê mais carros e motos do que bicicletas nessas faixas exclusivas.

Agora, a BHTrans decidiu ouvir os ciclistas antes de projetar os novos trechos. A bicicleta é o item menos visto nas ciclovias de Belo Horizonte. Elas estão quase sempre vazias. Talvez por causa da geografia da cidade, que é cheia de morros como na Av. João Pinheiro. Ou porque a ciclovias foram mal projetadas. 

Na opinião de ciclistas, a ciclovia devia ser construída ao lado dos passeios e não dando espaço para os carros estacionarem. 

O analista internacional Guilherme Tampiere, usa a bicicleta como principal meio de transporte há quase dez anos. Ele pertence a um grupo que está ajudando a BHTrans a elaborar os próximos projetos. Para ele, o principal problema da cidade é que os motoristas não compreendem a bicicleta como veículo e ator do trânsito. Ele defende, por exemplo, que as próximas ciclovias não sejam pintadas, pois a tinta faz com que o ciclista escorregue e é um custo caro.

O acordo feito entre a Prefeitura e o grupo de discussão é que nenhum projeto seja implantado sem a validação do grupo. Belo Horizonte tem hoje 50 km de ciclovia, o objetivo da BHTrans é fechar o ano com 100 km. E atingir 380 km em 2020. Mas só isso não basta para fazer com as pessoas tenham coragem de deixar o carro em casa e optar pela bicicleta.


A bicicleta da música


Chama-se Sam King e é o inventor desta máquina incrível. Trata-se de uma bicicleta que dá música, isso mesmo. À medida que o músico pedala, as cordas encarregam-se do resto. Uma ideia original com um resultado muito interessante.

segunda-feira, 25 de março de 2013

I Want to ride my Eco Bici - vídeo

I want to ride my Eco Bici from Nunca Silva on Vimeo.

UCI pede condenação exemplar na "Operação Puerto"

ADVOGADO QUER MÃO PESADA DA JUSTIÇA
Quarta-Feira, 20 março de 2013 | 11:48
Fotos: REUTERS 
O advogado Pablo Jiménez de Parga, que lidera as acusações da União Ciclista Internacional (UCI) na "Operação Puerto", pediu esta uma pena "exemplar" para cinco dos acusados, de modo a dar o exemplo no combate ao doping.

O advogado espanhol crítica a postura adotada pelos médicos que "violam os princípios mais básicos da sua profissão", assim como os líderes das equipas que, a fim de obter sucesso económico e desportivo, "passam por cima de qualquer consideração ética e não têm quaisquer preocupações para com a saúde dos atletas".

"Se algo ficou claro é que todos os que estão sentados no banco dos réus são culpados. Estamos diante de um programa de doping sistemático que não só incluiu transfusões, mas também a administração de substâncias proibidas", disse, acrescentado que os ciclistas que alegaram inocência estão a prestar "falsos testemunhos".

O advogado apelou ao tribunal para condenar não só o consumo de substâncias ilegais e os crimes associados ao dinheiro, mas também os falsos depoimentos prestados por algumas testemunhas de todo o processo, cuja figura central é o médico Eufemiano Fuentes.

Bicicletas bizarras



VEJA MAIS: http://www.omoristas.com/2013/03/bicicletas-bizarras.html

Prefeitura vai rever projetos de ciclovia em Belo Horizonte

quinta-feira, 21 de março de 2013

Belo Horizonte tem hoje 50 quilômetros de ciclovias. Até o final do ano esse número deve dobrar e chegar a 380 km em sete anos. Mas quem anda pela cidade vê mais carros e motos do que bicicletas nessas faixas exclusivas.

Agora, a BHTrans decidiu ouvir os ciclistas antes de projetar os novos trechos. A bicicleta é o item menos visto nas ciclovias de Belo Horizonte. Elas estão quase sempre vazias. Talvez por causa da geografia da cidade, que é cheia de morros como na Av. João Pinheiro. Ou porque a ciclovias foram mal projetadas. 

Na opinião de ciclistas, a ciclovia devia ser construída ao lado dos passeios e não dando espaço para os carros estacionarem. 

O analista internacional Guilherme Tampiere, usa a bicicleta como principal meio de transporte há quase dez anos. Ele pertence a um grupo que está ajudando a BHTrans a elaborar os próximos projetos. Para ele, o principal problema da cidade é que os motoristas não compreendem a bicicleta como veículo e ator do trânsito. Ele defende, por exemplo, que as próximas ciclovias não sejam pintadas, pois a tinta faz com que o ciclista escorregue e é um custo caro.

O acordo feito entre a Prefeitura e o grupo de discussão é que nenhum projeto seja implantado sem a validação do grupo. Belo Horizonte tem hoje 50 km de ciclovia, o objetivo da BHTrans é fechar o ano com 100 km. E atingir 380 km em 2020. Mas só isso não basta para fazer com as pessoas tenham coragem de deixar o carro em casa e optar pela bicicleta.

Informações: Alterosa.com.br

Ciclovias: Sorocaba se torna exemplo para outras cidades

Fonte: Estadão



Dos 106 km da rede de ciclovias de Sorocaba, no interior paulista, 103 km são separados do trânsito de veículos por barreiras físicas como canteiros e gradis. A cidade tem a maior rede de ciclovias do Estado, mas o índice de acidentes envolvendo ciclistas é próximo de zero. Desde 2009, quando o setor de estatísticas de trânsito passou a acompanhar o sistema cicloviário, houve apenas um acidente com morte – o ciclista foi atropelado por um caminhão na periferia, fora da área de ciclovias.

Em quatro anos, o número de bicicletas passou de 190 mil para 300 mil na cidade, segundo pesquisa da prefeitura – uma para cada 1,9 dos 586.625 habitantes. A frota de veículos automotores, em comparação, era de 383 mil veículos no balanço de janeiro.

As ciclovias interligam toda a cidade e já é possível ir de um extremo a outro sem sair da via exclusiva. Os ciclistas dispõem de 50 paraciclos com capacidade para 60 bicicletas e 8 quiosques com bicicletários, além de 19 estações de empréstimo de bike para a população. Neste ano, devem ser construídos mais 20 km de ciclovia. A cidade também será interligada a Itu, a 32 km de distância, por via exclusiva para bikes, com o projeto de duplicação da Estrada Velha Sorocaba-Itu pelo governo estadual.

Separação.

O modelo de ciclovia segue o padrão com calçamento pintado em vermelho, sinalização, iluminação e paisagismo. No ano passado, a Câmara aprovou lei impedindo que as bicicletas ocupem o espaço destinado a pedestres, o que ocorre em alguns pontos em que a ciclovia segue paralela à calçada. A prefeitura entrou com ação direta de inconstitucionalidade, alegando que os espaços são delimitados e a ciclovia não interfere no fluxo de pedestres. A ação ainda não foi julgada.

Problemas.

No entanto, nem toda cidade do interior paulista é livre de problemas entre ciclistas e motoristas. Em Bauru, a 326 km da capital, o ciclista Airlton Pereira da Silva, de 48 anos, foi atropelado e morto na quinta-feira por um carro desgovernado no acostamento de uma via sem ciclofaixa. Atleta, Silva representava a cidade em competições de ciclismo.

No último dia 14, mais de uma centena de ciclistas acompanhou o enterro de Silva. Eles protestavam contra a falta de ciclovias seguras. A cidade tem quatro vias para bikes, mas são usadas também por motociclistas.

Em Piracicaba, os seis quilômetros de ciclovias não são interligados e, para entrar nos trechos, ciclistas se expõem ao risco em avenidas movimentadas. Em Rio Claro, dos 20 km de vias para bicicletas, 14 km são compartilhados com automóveis.

Acidentes impulsionam busca de alunos por ciclismo indoor


Modalidade com alto gasto calórico tem alta procura e recupera investimento de gestor.

A procura por atividades ao ar livre está cada vez mais frequente, todavia, os cuidados com a segurança crescem na mesma proporção. Embora a prática de ciclismo esteja em alta com o incentivo dos municípios ao criarem ciclofaixas e ciclovias, o número de acidentes leva ao medo de praticar o esporte nas ruas, fazendo com que a atividade migre para dentro das academias. “É inevitável. O número de acidentes graves no ciclismo de rua, impulsionado pelas dificuldades do trânsito brasileiro, leis que não se cumprem, estradas inviáveis e nenhum respeito por parte dos motoristas desestimulam totalmente a prática do ciclismo outdoor”, aponta Paulo Akiau, professor de Educação Física formado pela Universidade de São Paulo (USP) e sócio-fundador da Body Systems Latin America.
Sendo uma modalidade de grande apelo, sem objeções por parte dos praticantes, segundo Akiau, o ciclismo indoor possui programas com nomes variados, como spinning e RPM e pode ser praticado em diferentes ambientes, sendo sucesso entre os alunos que buscam resultados rápidos e alta motivação e um de seus pontos altos de prática é nas academias de cruzeiros, onde se combina o vento e a paisagem do espaço aberto à atividade em local fixo. O bem-estar que provoca é tanto que as aulas são sempre concorridas, mesmo que os praticantes estejam em férias ou simplesmente viajando para relaxar da rotina estressante.
Tanto sucesso implica no desafio que Marco Corradi, supervisor de marketing da Movement (www.movement.com.br), empresa fabricante de equipamentos fitness, conta existir entre os gestores de academia, que é adequar a agenda à grande procura dos alunos pela aula: “muitas vezes o agendamento se torna escasso para a demanda”.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Doação de sangue














"Meus amigos,

Recebi de uma grande amiga o e-mail abaixo e ela está precisando de doadores de sangue para o Pai dela (GASTON LEMERE FERREIRA), como podem ver.
Peço a aqueles que puderem doar que o façam no Banco Sangue conforme as instruções em anexo ou que divulguem entre os amigos.

Agradecemos desde já a colaboração de todos.


Um grande abraço e até a próxima".

Angelo

Rua Juiz de Fora, 861 - Barro Preto ao lado do 12 BI
Fone: 3335-6600
seg a sexta de 8:00 até 13:00h
site: www.hemoter.com.br

Le Tour de France de 1910

quinta-feira, 21 de março de 2013

Apenas 2 gorilas andando de bicicleta

CALÇA JEANS COM FAIXAS REFLEXIVAS INTERNAS PARA PEDALAR À NOITE

  jeans
Andar de bike está cada vez mais na moda e os brasileiros estão adotando a bicicleta, como meio de transporte até para ir ao trabalho. Uma das questões ainda, é o uso de ítens de segurança junto com as roupas de trabalho, que sempre causam desconforto ou acabam desarrumando o ciclista.
A empresa SWRVE, responsável por criar produtos especiais para os ciclistas, desenvolveu uma calça jeans especial para proteger os usuários durante os passeios noturnos.
A calça parece comum quando olhamos pelo lado de fora, mas possui na parte interna, uma faixa reflexiva aplicada em cada perna, que fica escondida durante o dia. Caso o ciclista precise pedalar durante à noite, basta dobrar a barra da calça de cada perna, para que a faixa fique aparente e funcione como um alerta para carros e outros veículos.
jeans2
Preço: US$220,00
Infelizmente, a empresa ainda não entrega no Brasil.

SUSTENTABILIDADE Ir para o trabalho de bicicleta e chegar limpinho é possível


07.03.2013 - Por Universo Jatoba - Deixe um comentário

Ujatoba_bicicleta
Muita gente tem vontade de ir trabalhar de bicicleta, mas reclama que vai chegar suada, desarrumada e que no local de trabalho nem sempre tem um chuveiro ou vestiário.
Hoje eu trago dicas para você usar a bicicleta e se manter limpinho e cheiroso mesmo quando não puder tomar um banho antes do expediente.
Primeiro, tome o banho antes de pedalar e use um desodorante antitranspirante. Isso ajuda a evitar o mau cheiro.
Use roupa de ginástica e pedale devagar, assim você produz menos suor.
Quando perceber que está transpirando, pare na sombra, beba uma água e dê um tempinho, 5 minutos.
Leve a mochila com a roupa do trabalho no bagageiro. Nas costas, você transpira muito mais.
Quando chegar, use um lenço umedecido para tirar o suor do corpo, troque a roupa, inclusive as peças íntimas e use um perfume suave.
Assim você se sente confortável no trabalho, mantém a saúde e evita o trânsito pesado.

Giro d'Italia 2014


Giro 2014
O Reino Unido já garantiu sua segunda partida de um passeio de bicicleta Grande em 2014. Depois de Yorkshire 2014 para o Tour de França, o Giro d'Italia 2014 vai começar na Irlanda. O Giro d'Italia é a maior turnê segundo grande atrás do Tour de France.
Esta corrida de ciclismo icônico terá suas duas primeiras etapas e em torno de Belfast. A terceira etapa será de Armagh a Dublin.
No primeiro dia, que será no dia 10 de Maio de 2014, haverá uma corrida em volta da cidade de Belfast com partida e chegada nos mesmos locais como o dia dois.
Em 11 de Maio de 2014, a corrida terá início em Belfast Titanic Quarter com uma visita suspeito na Calçada Grande, antes de terminar em Belfast na Câmara Municipal.
O terceiro dia terá início em Armagh no The Mall e terminará no centro de Dublin.

Secretário Nacional defende bicicleta e transporte público

"O trem para grandes distâncias e a bicicleta para interligar as estações com o destino final dos passageiros", declarou ontem Alexandre Cordeiro
 Autor: Taís Calado |
 Postado em: 13 de março de 2013 |

O secretário-executivo do Ministério das Cidades, Alexandre Cordeiro, disse nesta terça-feira (12/03) que a solução para os problemas de mobilidade urbana do país é investir no transporte público de qualidade e no uso correto da bicicleta. Ele debateu o assunto durante o Seminário Internacional de Mobilidade Urbana, em Belo Horizonte (MG). Para ele, o ideal é conjugar o trem com a bicicleta. “O trem para grandes distâncias e a bicicleta para interligar as estações com o destino final dos passageiros”. Em seu discurso, Alexandre Cordeiro disse que com a substituição do transporte automotor individual pelo transporte coletivo sob trilhos mais passageiros seriam transportados. Além disso, haverá redução de tempo, energia, custo, espaço físico, emissão de carbono e acidentes. Segundo ele, para cada hora, em um espaço de três a quatro metros de largura, um carro transporta aproximadamente 1.800 pessoas, enquanto que o ônibus transporta de sete mil a dez mil pessoas e o trem 60 mil pessoas. “Com um transporte público de qualidade devolveríamos a população 45 dias de suas vidas. Esse é o tempo perdido nos engarrafamentos, levando em consideração apenas o trajeto casa e trabalho em dias úteis”. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade, disse Cordeiro, já beneficiou mais de 53 milhões de brasileiros e empregou aproximadamente 2.3 milhões de pessoas. “Não queremos reinventar a roda, mas precisamos reinventar os meios de transporte. Economia, olhar social e preocupação ambiental. A ordem é: sustentabilidade”, afirmou o secretário-executivo. fonte: http://www.mobilize.org.br/noticias/3671/secretario-nacional-defende-bicicleta-e-transporte-publico.html

A criativa bicicleta de transporte de produtos de Sara Urasini


A designer italiana Sara Urasini foi premiada com o primeiro lugar no segmento de serviços/instalação da Competição Internacional de Design de Bicicletas em Taipei. Concebida para usuários em países em desenvolvimento, a bicicleta-utilitária é construída com uma estrutura mínima feita de materiais naturais, que são fáceis de encontrar e possível até mesmo construir manualmente, usando ferramentas simples. Tem 12 recipientes posicionados simetricamente, de modo a utilizá-las como bolsas em mercados ao redor das aldeias. Dois suportes simples ligados ao “corpo” permitem que as pessoas removam a estrutura da bicicleta e carreguem-na durante a caminhada.