sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Fórum Mundial da Bicicleta: pedalar para transformar


11/02/13
Cada vez mais a bicicleta é vista como um meio de transporte. No Reino Unido, recente pesquisa mostrou que cerca de 3% dos habitantes de Londres utilizam este meio de transporte para se deslocarem ao trabalho, ainda que 43% da população tenha suas próprias “magrelas” ou tenha acesso a uma.
Na Inglaterra cerca de 23 mil pessoas são empregadas no setor do ciclismo, e o país conta com uma população ciclista de aproximadamente 13 milhões de pessoas, que rodam aproximadamente 5 bilhões de quilômetros a cada ano no país sob duas rodas.
Os números ainda estão longe dos apresentados pela Holanda, que conta com a “capital mundial da bike” e é um país com forte tradição no uso deste transporte. Os ingleses continuam debatendo a falta de segurança e estrutra das ciclovias, já que eles dizem não se sentirem seguros “em deixar suas avós andarem de bicicleta” nas atuais vias disponíveis.

O Primeiro Fórum Mundial da Bicicleta, em 2012

O sucesso da primeira edição do Fórum da Bicicleta, que aconteceu em 2012 também em Porto Alegre, motivou a realização de um segundo encontro. Naquele ano o evento teve como convidado especial o fundador do movimento da Massa Crítica, Chris Carlsson.
Mobilidade Urbana, Cicloativismo, Economia, Ciclismo Esportivo, Cicloturismo e a evolução do Plano Diretor Cicloviário Integrado de Porto Alegre, reunindo especialistas nas respectivas temáticas. O fórum abrigou também mais de 40 oficinas autogestionadas, trazendo temas diversos como Cycle Chic, ciclismo veicular, transporte de cargas por bicicleta, mecânica básica de bicicletas, comunicação não-violenta, cicloturismo, a bicicleta em projetos sociais, alimentação para o atleta de ciclismo, ciberativismo, a bicicleta no ponto de vista jurídico, entre outros, tendo uma média de público de cerca de 30 espectadores por oficina. Houve também duas exposições temáticas, de fotos e de bicicletas antigas, além da realização de três passeios guiados a diferentes pontos turísticos da capital gaúcha e um show de encerramento com as bandas Apanhador Só e Bandinha Di-dá-dó. Todas essas atividades reuniram um público de cerca de 7 mil pessoas nos quatro dias de realização do Fórum.

Nenhum comentário: