segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Cipollini nega ter sido "paciente" de Eufemiano Fuentes

O CÉREBRO DA "OPERAÇÃO PUERTO"
sábado, 9 fevereiro de 2013 | 19:20
O antigo ciclista italiano Mario Cipollini classificou de "absurdas" as alegações de que foi um dos "pacientes" do médico Eufemiano Fuentes, o cérebro da "Operação Puerto", publicadas este sábado pelo diário desportivo italiano "Gazzetta dello Sport".

Num comunicado enviado à agência italiana Ansa pelo seu advogado, Mario Cipollini negou qualquer prática dopante. "Em nome do senhor Cipollini desminto categoricamente as acusações absurdas e infundadas que a 'Gazzeta dello Sport' dirigiu ao meu cliente", disse Giuseppe Napoleone, defendendo que nenhum dos documentos publicados se pode relacionar com o antigo ciclista.

De acordo com o advogado, o número de fax que aparece no planeamento de dopagem elaborado por Fuentes e que o jornal atribui a "Super Mario" não pertence ao ex-sprinter, sendo sim um número de telefone italiano. Napoleone recordou ainda que na data em que os faxes foram enviados Cipollini residia no principado do Mónaco.

A "Gazzetta dello Sport" publicou hoje, em exclusivo, uma série de documentos com o programa de dopagem supostamente elaborado por Fuentes para o italiano, que incluía o uso de EPO, hormonas, anabolizantes, entre outros.

fonte:http://www.record.xl.pt/Modalidades/Ciclismo/interior.aspx?content_id=803756

Nenhum comentário: