sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Eleições CBC - Informativo FECIERJ

Amigos,
 
Nuca pensei que fosse possível sentir dor escrevendo sobre o Ciclismo e sua história... na verdade, este último sábado vai ficar marcado em minha vida, pois pela primeira vez, derramei lágrimas de frustração e dor pelo esporte que escolhi para fazer parte do meu convívio diário.
Nunca havia participado de uma eleição CBC, e confesso, não tenho vontade alguma de participar de outra. Escrever está doendo tanto que vou simplificar ao máximo...
O Edmilson das Virgens, candidato da oposição à atual gestão CBC, recebeu a notícia que seu 1º vice-presidente havia desistido do pleito no momento que o mesmo iniciou, um funcionário do Comitê Paraolímpico Brasileiro, que pela manhã dissertou sobre as ações do Ciclismo Paraolímpico CBC, apresentou a carta de renúncia do Sr. Getúlio (presidente do Amazonas) dando sequência a um tumulto generalizado. Ofensas, gritos e muita discussão colocaram o verdadeiro Ciclismo de lado, e transformaram o auditório em praça de guerra...
Antes disso, o relator do comitê eletivo já havia proferido que todas as acusações feitas aos candidatos Edmilson das Virgens e Adir Romeo eram infundadas, pois as devidas certidões já haviam sido apresentadas, e não seria possível impugnar a chapa da oposição, porém esta impugnação continuava constando no site CBC. Mesmo diante de tudo isso, somente seis federações protestaram com anulação do seu voto para este pleito (Paraná, Rio de Janeiro, Tocantins, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul), todas as demais federações nacionais (21) exerceram o seu direito de voto, e o destinaram ao atual presidente José Luis Vasconcellos.
Não estou julgando ninguém, aliás, quem sou eu para julgar, só estou expondo isso porque chegaram a postar em redes sociais que nós (federações que compõem este grupo que se auto denomina “oposição”) teríamos nos vendido pelo simples fato de terem divulgado o placar de 21 votos para o Vasconcellos e nenhum voto para o Edmilson, a explicação é simples, somos 27 federações, Rio Grade do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Tocantins e Mato Grosso do Sul votaram nulo, porque a chapa de oposição foi desfeita minutos antes da eleição, e este era o protesto cabido as federações que apoiavam a oposição. Os 21 votos restantes foram dados de forma consciente à atual gestão... como disse à pouco, quem sou eu para julgar se estes votos foram ou não coerentes.
Peço desculpas pela péssima redação, por não ter conseguido eleger o candidato da oposição e por não ter alcançado todas as expectativas que nos foram depositadas pelos amigos e ciclistas brasileiros, confesso que pensei seriamente em parar de fazer ciclismo, mas não vejo valor algum em me acovardar e me esconder enquanto meus amigos continuam na luta.
Finalizo com mais um pedido de perdão, palavras nunca foram tão difíceis para serem colocadas, vou me recuperar em breve, e buscar motivação redobrada para um retorno forte e objetivo.
 
Grato pela compreensão
 
 
Claudio Santos
Presidente da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro
Rua Barão do Amazonas, nº 263/sala02 - Centro - Niterói - RJ
Telefones: (21) 8870-1833 / (21) 8448-6566 / (21) 2707-6700 / (21) 2620-6566 / Radio 120*14997

Nenhum comentário: