quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Ciclistas profissionais podem ''dedurar'' doping de colegas por telefone


O presidente da União Ciclística Internacional (UCI) garantiu a confidencialidade do serviçoCiclismo - 16/01/2013 17h19

Atualizado em 16/01/2013 17h29

Da Redação

França  - A União Ciclística Internacional (UCI) iniciou as operações de uma linha telefônica confidencial de luta contra o doping para atletas profissionais como tentativa de salvar "a integridade do ciclismo". Este serviço, que é gratuito e garante a mais estrita confidencialidade, atende em francês e inglês, e pode ser recorrido por qualquer ciclista profissional que participe de competições da UCI e esteja disposto a apresentar dados que sirvam para combater o doping.
As chamadas são registradas e, em função de sua natureza, são transmitidas a especialistas jurídicos ou médicos, que decidirão o caminho a ser seguido. Pat McQuaid, presidente da UCI, incentivou os ciclistas profissionais a usarem o serviço telefônico.
"A integridade do ciclismo está em jogo, e iniciamos este serviço para que os competidores possam revelar, na mais estrita confidencialidade, tudo o que saibam a respeito das praticas dopantes", declarou o dirigente irlandês. McQuaid lembrou em comunicado que desde que assumiu a presidência da UCI, "a luta contra o doping passou a ser uma das prioridades", e admitiu que este problema "é uma cultura que existe há décadas e que é preciso transformá-la em uma cultura antidoping".

http://www.diariodecanoas.com.br/ciclismo/434772/ciclistas-profissionais-podem-dedurar-doping-de-colegas-por-telefone.html

Nenhum comentário: