quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Campanha trocará armas por bicicletas e laptops no Uruguai

'Armas para a vida' entregará 'brindes' em troca de armas.

Segundo governo, campanha é atrelada a operações policiais.

O ministério do Interior uruguaio oficializou nesta terça-feira (29) uma campanha de desarmamento que troca armas por bicicletas e laptops. De acordo com o ministério, o programa chamado "Armas para a vida" propõe uma troca: "o cidadão entrega uma arma e recebe em troca outra: uma 'arma para a vida', uma arma do conhecimento: 'laptop', ou uma para a diversão, o exercício ou o trabalho: a bicicleta."
Jose Mujica, em visita ao Chile, no dia 25 deste mês (Foto: Luis Hidalgo/AP)Presidente do Uruguai, Jose Mujica, em visita ao Chile, no dia 25 deste mês (Foto: Luis Hidalgo/AP)
Segundo o comunicado do ministério, "o objetivo da campanha é colaborar com a importante tarefa de desarmamento da sociedade uruguaia, um dos objetivos imprescindíveis do caminho até uma convivência mais harmônica, em que as diferenças se solucionam pelo diálogo e negociação."
O ministério também informou que a campanha não é a única ação feita nessa direção. "Funciona fazendo sinergia com as operações policiais permanentes de recuperação de armamento ilegal e com uma campanha paralela de 'posse responsável' de armas que será implantada para guiar aqueles que, querendo adquirir ou regularizar uma arma de sua propriedade, deverão cumprir com requisitos legais e receber treinamento adequado."
Segundo o jornal local "El Observador", a decisão coincide com o aumento - no ano passado e neste - de crimes ligados ao narcotráfico que levaram a oposição a questionar a gestão ministerial.

Nenhum comentário: