terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Ricardo Mestre não está preocupado com crise da Euskaltel


PORTUGUÊS INTEGRA EQUIPA BASCA EM JANEIRO
segunda-feira, 10 dezembro de 2012 | 19:12
O ciclista Ricardo Mestre, vencedor da Volta a Portugal de 2011, manifestou-se, esta segunda-feira, despreocupado com as notícias de uma eventual crise financeira que está a atravessar a Euskaltel-Euskadi, a equipa espanhola que irá integrar em janeiro.

"Até 31 de dezembro tenho contrato com o Tavira. Só a partir de janeiro tenho contrato com a equipa basca. Vou entrar na equipa em 2013, que terá um orçamento que nada terá a ver com o de 2012. Não estou preocupado com a situação", explicou à agência Lusa Ricardo Mestre.

A despreocupação do português é justificada, uma vez que a Fundação Euskadi, que enfrenta a pior crise de sempre, vai deixar de ser a base da equipa no próximo ano. Em 2013, a estrutura da formação basca será a BPCT (Basque Cycling Pro Team), que manterá o nome Euskaltel-Euskadi, e será patrocinada pela Telefonica.

A mudança teve como efeito a abertura da histórica equipa basca a estrangeiros, algo que quebrou uma política de 19 anos de contratação de ciclistas nascidos ou formados na região.

A solução para os problemas financeiras da Fundação Euskadi e, consequentemente, para os salários em atraso de ciclistas e restante staff pode passar, de acordo com uma entrevista concedida pelo seu presidente, pela venda dos autocarros que pertencem à atual estrutura à futura Euskaltel-Euskadi.

"O problema não é apenas meu, é de toda a gente. A Euskaltel também quer resolver este problema. Tenham presente que quase todos os ciclistas vão continuar na próxima temporada e que isso não seria um bom início para eles", disse Miguel Madariaga ao jornal Euskadi Irratia.

Os salários em atraso, correspondentes ao meses de novembro e dezembro, totalizam 857 mil euros e os autocarros estão avaliados em 918 mil euros.

Esta será a primeira experiência numa equipa estrangeira do ciclista algarvio, que após a vitória de 2011, teve de abandonar a edição de 2012 da Volta a Portugal na sequência de uma quarta queda, sofrida na sétima etapa.


http://www.record.xl.pt/Modalidades/Ciclismo/interior.aspx?content_id=793234

Nenhum comentário: