segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Governo mexicano realiza campanha de troca de armas por bicicletas


Publicação: 28/12/2012 13:18 Atualização: 28/12/2012 13:33

Mexico - As autoridades da Cidade do México organizam desde segunda-feira a campanha "Por sua família, desarmamento voluntário" de trocas de armas por bicicletas para tornar mais seguro o perigoso bairro de Iztapalapa.

Para promover este programa, a secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e o governo local investiram 300.000 pesos (23.000 dólares), segundo uma fonte municipal que não quis ser identificada.

Iniciativa se estenderá a outras localidades além de Iztapalapa, que é o segundo município com maior índice de criminalidade da capital mexicana.

Mesmo com as mais de 200 armas que até o momento foram recolhidas, nem todos acreditam que o programa conseguirá desarmar os verdadeiros criminosos.

Leia mais notícias em Mundo

Entre os céticos, também está o comando militar cuja tropa é encarregada de recolher, catalogar e destruir as armas recolhidas.

"Veja o estado das armas. A maioria está velha, pertencem a famílias que as herdaram de seus avós", afirma o comandante, que também não quis ser identificado.

Segundo cifras do governo do ex-presidente Felipe Calderón (2006-2012), um total de 107.973 armas e 10,9 milhões de cartuchos foram apreendidos de dezembro de 2006 a fevereiro de 2012, e 90% dessas armas provinha dos Estados Unidos.

No México, é ilegal portar armas, ao contrários dos Estados Unidos, onde este tema voltou a ser discutido com a matança de 20 crianças e 6 adultos em uma escola primária em meados de dezembro.

Nenhum comentário: