quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Ciclista pedala 3 mil km no Piauí em busca de harmonia com natureza


Aventureiro, Wagner Marques Sousa, aos 33 anos de idade, vai percorrer as divisas do estado. Nos próximos três meses, sua casa será as trilhas

25/12/2012 10h52 - Atualizado em 25/12/2012 12h47

Ciclista Wagner Marques Sousa (Foto: Fco Gilásio)Wagner Sousa quer reunir a prática do ciclismo com
o turismo  (Foto: Fco Gilásio)
O Natal do ciclista Wagner Marques Sousa será marcado por uma aventura digna de cinema e daquelas que podem ser reconhecidas como loucura. A partir desta terça-feira (25) ele parte sozinho em projeto pessoal: pedalar 3 mil km de norte a sul, leste a oeste do Piauí. Todo o percurso será assim: o ciclista e a bicicleta, velhos companheiros.
Passando pelas divisas do estado com Maranhão, Tocantins, Ceará e Pernambuco, o aventureiro espera concluir essa maratona em três meses. Aos 33 anos de idade, as pedaladas de Wagner também têm um significado especial: reunir o ciclismo com o turismo.
E por que sair no Natal? Para Wagner, a data tem um valor simbólico. Os dias sozinhos vão ser um teste de convivência com a natureza e longe da correria do dia a dia e, claro, do estresse. Em média, serão 50 km pedalados por dia. É o esporte aliado com uma modalidade de vida.
- Vou conhecer o Piauí todo através de uma modalidade que reúne uma prática esportiva com o turismo, formando o cicloturismo. A ideia de sair no dia 25 de dezembro mostra o sentido do Natal, um período de reflexão. Vou conviver em plena harmonia com a natureza e com a vida. Vai ser um grande aprendizado e amadurecimento – explica Wagner Marques.
Ao longo dos 3 mil km, Wagner pretende coletar informações sobre a situação ambiental das várias regiões do Piauí e realizar um diário de bordo. As informações da trilha serão publicadas em um blog para servir de fonte a outros ciclistas.
- Pela primeira vez um ciclista vai fazer o contorno do mapa do Piauí. Além da bicicleta, levo apenas uma mochila com uma barraca, colchonete, água e alimentos. É o que eu preciso. Minha casa nos próximos dias será essa – revela o ciclista, que rapidamente completa: o trajeto será feito sem nenhum medo.
l

Nenhum comentário: