segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Bosch eBike terá espaço nas bicicletas nacionais

06/12/2012 | 19h02

Comissão levou ao Contran proposta que favorece a fabricante de autopeças
Uma comissão apresentou ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) a proposta de um modelo de bicicleta elétrica que favorece a Bosch. Essa bicicleta deveria ter motor com potência máxima de 250 watts. E em vez de um acelerador no punho, esse propulsor seria acionado com o próprio movimento dos pedais, servindo de auxílio para reduzir o esforço do ciclista. Tudo exatamente como no eBike, equipamento produzido no exterior pela Bosch (leia aqui). 

Segundo uma fonte da Abraciclo, a conhecida fabricante de autopeças está “namorando” com uma grande fabricante nacional de bicicletas para fornecer o eBike. A comissão que levou ao Contran essa proposta é formada pela Abraciclo (que reúne fabricantes de motos e bicicletas, à qual a Caloi é associada) e também pelo Metrô de São Paulo, pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), por companhias de engenharia de tráfego e outros órgãos e entidades interessados na difusão do uso da bicicleta. 

Essa nova proposta de bicicleta elétrica surgiu porque os modelos elétricos convencionais vêm gerando polêmica. Do ponto de vista legal, os produtos que já estão no mercado têm características de ciclomotores, o que exigiria emplacamento, documentação e até habilitação do condutor na categoria A.
http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/15770/bosch-ebike-tera-espaco-nas-bicicletas-nacionais

Nenhum comentário: