sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Bicicleta “contrapedal”



Bacanas Seres Motrizes que integram a arte, na beleza das bikes, com a simplicidade do ato motor. Cultura que está retornando num movimento bem consistente. É a bike fixa (também conhecida comocontra-pedalmarcha única e sem marchas) ao qual a minha geração conhece bem – a famosa bicicleta “contra-pedal” – que hoje se encontra retornando às ruas dos grandes centros como Rio, Londres, Nova Iorque e breve, tomara, aqui pela cidade.
Quando se tem prazer com o exercício físico facilita-se na fidelização do movimento. Para estes grupos adeptos da bike fixa – apesar de muitos outros prazeres que estão inseridos neste ambiente social que são proporcionado via os encontros marcados, assuntos em comum e a cultura da bike como uma (bela) arte – o movimento está na veia destes caras, lhes trazendo muitos bônus relacionado a saúde e mais cores aos seus dias. Estou agora em busca de uma.
Bons treinos e sempre com boas emoções!
Para ler sobre, aqui no Jornal O Globo, ou mais completo ainda aqui no Wikipédia.

Nenhum comentário: